Foto: Brasileiro ter  categoria para motos de 1.000 cilindradas

Interlagos recebe Brasileiro de Motovelocidade

Foto: Brasileiro ter  categoria para motos de 1.000 cilindradas

Foto: Brasileiro ter categoria para motos de 1.000 cilindradas

Pilotos vivem a expectativa de disputar a primeira etapa da competi‡Æo em 2006, que ser  realizada neste final de semana em SÆo Paulo.

SÆo Paulo (SP) – Falta pouco para os motores roncarem na abertura do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. A primeira etapa da competi‡Æo ser  realizada neste final de semana no aut¢dromo de Interlagos, em SÆo Paulo. No s bado, haver  os treinos livres e cronometrados. E, no domingo, ap¢s o warm up, as corridas terÆo in¡cio a partir das 10h45.

EstarÆo em jogo os primeiros pontos da temporada 2006 das categorias 125cc, 250cc, 500cc, Supersport (600cc) e Superbike (at‚ 1000cc) – classe que ‚ novidade no circuito nacional. Os ingressos para o evento estÆo sendo distribu¡dos nas concession rias Honda da Grande SÆo Paulo.

At‚ a manhÆ desta sexta-feira, 100 pilotos j  tinham garantido seus lugares na etapa por meio do site da Confedera‡Æo Brasileira de Motociclismo (CBM), organizadora da competi‡Æo. Entre eles, os campeäes de 2005 da 125cc, 250cc, 500cc e Supersport: Ana Lima, Fabio Peasson, Alecsandre Brieda e Gilson Scudeler, respectivamente.

Os casos de Ana Lima, a primeira mulher no Brasil a ser campeÆ, e de Scudeler envolvem ainda mais expectativa na temporada 2006, j  que ambos resolveram mudar de categoria. Ana Lima estar  na briga pelo t¡tulo da 250cc, enquanto Scudeler acelera pela Superbike.

“Apesar de ter feito poucos treinos, a adapta‡Æo com a nova moto est  ¢tima. Pensei que teria dificuldade, mas logo de cara me senti … vontade pilotando”, comentou Ana Lima, conhecida como “Japonesinha Voadora”. Neste in¡cio de campeonato, o objetivo dela ‚ acompanhar o ritmo de seus advers rios. “Quero correr junto e aprender com eles. Mas prometo batalhar bastante, pois nÆo gosto de andar atr s”, avisou, com bom humor.

O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade ‚ composto por oito etapas. Al‚m de SÆo Paulo, haver  corridas no Rio Grande do Sul, Paran , Distrito Federal e Mato Grosso do Sul.

Programa‡Æo: Dia 10/3 Vistorias
Das 10h …s 18h

Dia 11/3 ; Vistorias
Das 8h …s 9h

Treinos livres ; 125cc – das 9h10 …s 9h30
250cc – das 9h40 …s 10h
500cc – das 10h10 …s 10h30
Superbike / Supersport – das 10h40 …s 11h05

Treinos Cronometrados
125cc – das 11h15 …s 11h35 / das 14h …s 14h30
250cc – das 11h45 …s 12h05 / das 14h40 …s 15h10
500cc – das 12h15 …s 12h35 / das 15h20 …s 15h50
Superbike / Supersport – das 12h45 …s 13h10 / das 16h …s 16h30
Briefing com a dire‡Æo da prova – 16h45

Dia 12/3 – Warm-Up
125cc – das 8h …s 8h15
250cc – das 8h25 …s 8h40
500cc – das 8h50 …s 9h05
Superbike / Supersport – das 9h15 …s 9h30

Provas – 125cc – 10h45 (13 voltas)
250cc – 11h50 (14 voltas)
500cc – 13h10 (18 voltas)
Superbike / Supersport – 14h25 (20 voltas)

O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade ‚ organizado e promovido pela CBM (Confedera‡Æo Brasileira de Motociclismo), tem patroc¡nio de Honda e Mobil e co-patroc¡nio de Michelin, Arlen Ness e Expresso Joa‡aba.