9-edicao

Internet não cresce no Brasil há três anos

A nona edição da pesquisa F/Radar, realizada semestralmente pela F/Nazca com o apoio operacional do Datafolha, constatou que 51% dos brasileiros com mais de 16 anos têm o costume de acessar a internet, apenas 4 pontos acima do resultado de março de 2008, tendência já apontada pela leitura anterior, a F/Radar 8. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou menos.

No mesmo período, a posse de banda larga doméstica saltou de 12% para 31% da população, o que indica melhoria na qualidade da navegação entre aqueles que já se conectavam à rede. O fenômeno, porém, ainda se restringe aos mais ricos. Nas classes AB, 62% têm internet rápida na própria residência, enquanto que na classe C, 22%, e nas classes DE, somente 4%. Apenas indicado na edição anterior, o acesso em casa passou a ser, pela primeira vez, mais relevante do que em lan houses. Além disso, a parcela daqueles que acessam diariamente subiu desde então de 32% para 41% dos internautas.

Ainda nos últimos três anos, o acesso móvel dobrou, chegando a 11% da população, com alta principalmente entre os menores de 24 anos.

A F/Nazca realiza a pesquisa sobre internet desde o início de 2007. No levantamento de abril de 2011, foram feitas 2.286 entrevistas em 145 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, dentro de um nível de confiança de 95%. O desenho amostral foi elaborado com base em informações do Censo 2000 e estimativas 2009 do IBGE.

Acesse a pesquisa completa no site da F/Nazca: http://virou.gr/pi4DpA ou no canal da agência no slideshare: http://virou.gr/pZovdv