Isenção, CG 150 Sport e me acharam

O seu descontentamento com as montadoras de motos ‚ realmente verdadeiro, mas acho de certa forma bem legal vc deixar claro pra n¢s leitores .Saberemos que quando vcs testarem uma moto ‚ como vc mesmo disse, saberemos que a sua avalia‡ao ser  verdadeira. Porque quando se abre uma resvista como 2rodas ‚ uma puxa‡Æo de saco que nÆo d  pra se ter certeza de que o produto ‚ realmente bom ou ‚ mat‚ria paga. Acho de certa forma como veiculo de informa‡Æo imprescind¡vel ser os primeiros a dar a not¡cia, mas junto com a exclusividade duvido que nÆo venham algumas recomenda‡äes das f bricas pra se avaliar com mais ˆnfase os pontos bons da mercadoria. EntÆo desenvolvam este lado, somos os £ltimos mas sem o compromisso com os fabricantes e sim com os usu rios e leitores sempre passando as informa‡oes corretas como devem ser, e nÆo como alguns querem.
Dorival A. Ferrreira
Santo Andr‚, SP
 isso, Dorival, n¢s temos um compromisso com o leitor em primeiro lugar.

O que aconteceu com a CG 150 Sport? Sobre a mat‚ria de an lise dos dados da Abraciclo tamb‚m pode-se observar que nÆo houve vendas da CG150 Sport em Fevereiro (embora tenha produ‡Æo de 1.300 unidades), como a comercializa‡Æo foi aparentemente cancelada deve ter havido um defeito que levou a esta decisÆo (a moto tamb‚m foi retirada do show-room do site da Honda onde ficou por uns poucos dias al‚m de ter sido retirada da lista de pre‡o). Tens como descobrir o que aconteceu?
Afonso Valentini
Canoas, RS
Ih, Afonso, nÆo temos uma explica‡Æo oficial, mas vou acionar meus agentes secretos para descobrir alguma coisa.

Ele me achou!
Caramba! Num acredito! Num acredito, eu, internauta juramentado, s¢ agora encontrei esse site! Tava no Google procurando algo sobre a XT 600 e.Puff! Geraldo Simäes! Cara! Passei minha adolescˆncia lendo suas mat‚rias na saudosa e incompar vel Motoshow, simplesmente a melhor publica‡Æo especializada que o Brasil j  teve. Junto com a Motor 3, vocˆs davam show de bola no que se refere a revistas pr  quem gosta de motores e rodas. Que legal reencontrar seu estilo e tua, digamos, sabedoria ou conhecimento de causa sobre o assunto. T  fazendo falta na imprensa de hoje com textos cada vez mais superficiais ou feito por gente despreparada ou simplesmnete, que nÆo gosta do assunto e fala de moto como quem descreve receita de bolo.  isso prezado. A internet ainda ‚ um bicho estranho mas acho que muito em breve vai substituir as revistas, para o nosso bem ou o nosso mal. Quem saiu na frente – como vocˆ, vai se dar bem. Muita for‡a, boa sorte e oportunidades, que talento vocˆ j  tem.
Edilson Vieira
Recife – PE
Òta, o Edilson me achou! Obrigado, irmÆo, eu tb sinto saudades da Motoshow e da ‚poca em que jornalismo especializado era feito por especialistas. Quando leio revistas gringas vejo que sÆo como a gente era nos anos 80: divertidas, sem rabo-presismo e com opiniÆo. Mas nÆo acho que as revistas serÆo substitu¡das pelo computador porque ‚ imposs¡vel matar uma barata usando um notebook!