Jean Azevedo tem 15 participações no maior rally do planeta

Jean Azevedo comemora seus 15 anos de Rally Dakar

Jean Azevedo tem 15 participações no maior rally do planeta

Jean Azevedo tem 15 participações no maior rally do planeta

O piloto de moto da Equipe Avante, Jean Azevedo, caminha para mais um grande desafio em sua carreira, a 15ª participação no Rally Dakar, considerada a maior e mais difícil prova off road do mundo. Aos 38 anos, Jean mostra que continua com fôlego suficiente para percorrer os cerca de oito mil quilômetros de trilhas, desertos e terrenos tortuosos da prova que acontece na América do Sul entre os dias 05 e 20 de janeiro de 2013.

Sua primeira participação foi em 1996. Nestas 15 edições, 12 são em duas rodas. Apenas em 2009, 2010 e 2012 ele competiu entre os carros, mas mesmo assim terminou como o melhor estreante do Dakar. “O que mudou nestes anos foi a tecnologia dos equipamentos. Hoje temos aparelhos que conseguem rastrear os pilotos durante a competição, o que não havia antes. Dessa forma, o rali  ficou muito mais seguro em relação ao resgate em caso de acidente ou de piloto perdido no deserto. O fato da prova ter vindo para nosso continente também nos deu maior segurança”, explicou Jean.

Por onde o Rally Dakar vai passar em 2013

Por onde o Rally Dakar vai passar em 2013

O Rally Dakar 2013 terá início em 05 de janeiro na capital peruana de Lima, seguirá pela Argentina e será finalizado em Santigo, no Chile, no dia 20 do mesmo mês.

Resultados

Jean Azevedo é o competidor com resultados mais expressivos do Dakar, acumulando três títulos em duas categorias. São eles: campeão da Production em 1997, bicampeão da Production em 2003 e campeão Super Production no ano de 2011. Também é o brasileiro com as melhores posições na classificação geral da competição: em 2003 ficou em 5º, no ano de 2005 e 2011 conquistou a 7ª colocação entre todas as motocicletas, além de ser o único brasileiro até hoje a vencer etapa na classificação geral das motos.

Em relação ao percurso desta edição do Dakar, Jean é realista. “O rali é difícil todo ano, não importando se acontece na América do Sul ou na África”, afirma. Desde 2009 a prova acontece na Argentina e Chile e em 2012 o Peru entrou para seu traçado. “Agora todos já conhecem bem a Argentina e o Chile. Já o Peru foi uma novidade na edição passada, conseguindo surpreender a todos pela dificuldade das dunas. Acredito que este ano a organização terá escolhido ainda mais novidades peruanas e logo no começo do rali”, acrescenta.

O Rally Dakar 2013 em detalhes:

– 05 de janeiro, sábado Etapa 1: Lima – Pisco (Peru) Deslocamento: 250km Especial: 13km
– 06 de janeiro, domingoEtapa 2: Pisco – Pisco (Peru) Deslocamento: 85km Especial: 242km
– 07 de janeiro, segunda-feira Etapa 3: Pisco – Nazca (Peru) Deslocamento: 100km Especial: 243km
– 08 de janeiro, terça-feira Etapa 4: Nazca – Arequipa (Peru) Deslocamento: 429km Especial: 289km
– 09 de janeiro, quarta-feira Etapa 5: Arequipa – Arica (Peru – Chile) Deslocamento: 275km Especial: 136km
– 10 de janeiro, quinta-feira Etapa 6: Arica – Calama (Chile) Deslocamento: 313km Especial: 454km
– 11 de janeiro, sexta-feira Etapa 7: Calama – Salta (Chile – Argentina) Deslocamento: 586km Especial: 220km
– 12 de janeiro, sábado Etapa 8: Salta – San Miguel de Tucumán (Argentina) Deslocamento: 247km Especial: 491km
– 13 de janeiro, domingo – Dia de descanso
– 14 de janeiro, segunda-feira Etapa 9: San Miguel de Tucumán – Córdoba (Argentina) Deslocamento: 259km Especial: 593km
– 15 de janeiro, terça-feira Etapa 10: Córdoba – La Rioja (Argentina) Deslocamento: 279km Especial: 357km
– 16 de janeiro, quarta-feira Etapa 11: La Rioja – Fiambalá (Argentina) Deslocamento: 262km Especial: 221km
– 17 de janeiro, quinta-feira Etapa 12: Fiambalá – Copiapó (Argentina – Chile) Deslocamento: 396km Especial: 319km
– 18 de janeiro, sexta-feira Etapa 13: Copiapó – La Serena (Chile) Deslocamento: 294km Especial: 441km
– 19 de janeiro, sábado Etapa 14: La Serena – Santiago (Chile) Deslocamento: 502km Especial: 128km
– 20 de janeiro, domingo – premiação em frente ao Palácio de La Moneda, em Santiago.

O piloto Jean Azevedo conta com o patrocínio da CCR Nova Dutra , Prefeitura de São José dos Campos, Fazenda Real, Avante.com.vc e apoio da Pirelli,  Bieffe Capacetes, Mitsubishi e Inmarsat.

Leia mais sobre esse assunto: clique aqui