Foto: Site da Equipe Lubrax

Jean Azevedo realiza últimos ajustes na moto antes do Rally Dakar

O piloto de moto da Equipe Avante, Jean Azevedo, está na reta final de seus preparativos para mais uma edição do maior rali do mundo, o Dakar. A prova terá início em 05 de janeiro na capital peruana de Lima, passará pela Argentina e terminará em Santiago, no Chile. Serão oito mil quilômetros de pura adrenalina e etapas que desafiam a persistência dos competidores.

Jean Azevedo é presença brasileira garantida no Rally Dakar

Jean Azevedo é presença brasileira garantida no Rally Dakar

Jean Azevedo aproveitou a última quarta-feira para realizar a checagem final na sua KTM 450 em uma pista off road localizada na cidade de Caçapava, interior de São Paulo. “Este treino serve para verificar se está tudo ok na moto. Posso dizer que mesmo com estes cuidados sempre acontecem imprevistos numa prova de longa duração, como é o Rally Dakar. Portanto, o que tento fazer agora é tentar minimizar a probabilidade de esses imprevistos acontecerem”, explicou.

Jean pode ser considerado um piloto experiente. Ele fará a sua 15ª participação no Dakar, sendo 12 vezes em duas rodas. É o competidor com mais resultados, acumulando três títulos em categorias. São eles: campeão da cat Production em 1997, bicampeão da cat Production em 2003 e campeão cat Super Production no ano de 2011. Também é o brasileiro com as melhores posições na classificação geral da competição: em 2003 ficou em 5º, no ano de 2011 conquistou a 7ª colocação entre todas as motocicletas, além de ser o único brasileiro até hoje a vencer etapa na classificação geral das motos.

Rotina de atleta
Nos últimos meses, no decorrer da semana o piloto organizou sua agenda entre os longos treinos físicos em academia e na moto. “De segunda a sábado vou à academia e fico três horas me exercitando, e ainda tenho corrida a pé e mountain bike. Três vezes por semana treino com moto. Apenas o domingo é meu dia de descanso. Isso é necessário, pois pilotar uma motocicleta é muito mais desgastante do que no carro. São várias horas, percorrendo os caminhos mais tortuosos e ainda o competidor tem que estar disposto para a largada do dia seguinte, que muitas vezes acontece nas primeiras horas do dia. Ainda tem o fator psicológico no meio disso, afinal são 15 dias de prova onde temos que ficar várias horas por dia em concentração máxima”, concluiu Jean.

O piloto Jean Azevedo conta com o patrocínio da CCR Nova Dutra , Prefeitura de São José dos Campos, Fazenda Real, Avante.com.vc e apoio da Pirelli, Bieffe Capacetes, Mitsubishi e Inmarsat.