Jean Azevedo supera a dor para enfrentar o Dakar

“Saio da fisioterapia suando de tanta dor”; com estas palavras Jean Azevedo resume os momentos dif¡ceis enfrentados nas quatro horas di rias de fisioterapia para recuperar todos os movimentos do bra‡o direito.

Ele quebrou o £mero (osso perto do ombro) ap¢s bater a 140 km/h em uma porteira que estava fechada logo na primeira etapa cronometrada do Rally dos Sertäes dia 24 de julho, entre Goiƒnia e Padre Bernardo, no estado de Goi s. Jean passou por uma cirurgia de trˆs horas para a coloca‡Æo de dois pinos, ficou trˆs semanas de repouso e agora faz exerc¡cios para voltar a correr de moto.

Tanta determina‡Æo e for‡a de vontade tˆm um motivo. O piloto de 29 anos da equipe Petrobras Lubrax sonha um dia vencer o Rally Paris-Dakar na classifica‡Æo geral da categoria motos. “Todo o meu esfor‡o gira em torno deste objetivo. NÆo sei quando, mas um dia quero vencer o rali. A cada ano busco melhores resultados no Dakar e por isso preciso me recuperar logo para a prova de 2004, de 1§ a 18 de janeiro entre Clermont Ferrand, na Fran‡a, e Dakar, capital do Senegal”, contou Azevedo.

Jean est  tendo uma recupera‡Æo r pida e em apenas duas semanas de fisioterapia j  colhe os primeiros resultados. “Hoje eu consigo levantar o bra‡o 90 graus para frente e para o lado. Quinze dias atr s nÆo era poss¡vel mexˆ-lo”, relembrou. “Eu cheguei a perder toda a for‡a no bra‡o porque al‚m de quebrar o osso, ainda rompi a musculatura”, contou.

Azevedo est  confiante e acredita que a recupera‡Æo total ‚ apenas questÆo de tempo. Segundo ele, o m‚dico que o operou, F bio Caporrino, de SÆo Jos‚ dos Campos (SP), afirmou que a fratura nÆo deixaria seqelas. “O m‚dico s¢ alertou que eu sentiria muitas dores nesta fase da fisioterapia”, afirmou Jean.

O piloto espera voltar a andar de moto ainda em setembro e, dependendo da avalia‡Æo, pensa em at‚ correr a pr¢xima etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, o Rally do Caf‚, disputado entre os dias 19 e 21 deste mˆs na regiÆo de Po‡os de Caldas, em Minas Gerais. “Al‚m de correr nas pr¢ximas etapas da temporada, pretendo dar continuidade …s baterias de testes para o desenvolvimento de pneus Pirelli”, adiantou. Jean j  ‚ campeÆo brasileiro de cross country por antecipa‡Æo na classifica‡Æo geral (o terceiro na carreira) e ainda disputa o t¡tulo na categoria Super Production.

No pr¢ximo Dakar Jean poder  fazer parte do seleto grupo de pilotos convidados para correr com uma moto semi-oficial da f brica austr¡aca KTM. A proposta, feita ap¢s o excelente desempenho de Azevedo no Dakar 2003, quando foi campeÆo da categoria Production e quinto na geral, est  em fase final de negocia‡Æo entre a equipe Petrobras Lubrax e a KTM.

O Dakar 2004 passar  pela Fran‡a, Espanha, Marrocos, Mauritƒnia, Mali, Burkina Faso e Senegal, e ter  aproximadamente 10.000 quil“metros.