Jean Azevedo é esperança brasileira no Sertões 2013

Jean Azevedo vence primeiro dia do Rally do Velho Chico

Teve início neste sábado (25) o Rally do Velho Chico, válido pela segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. No primeiro dia, os pilotos Jean Azevedo e Dário Júlio comandaram a dobradinha para Equipe Honda Mobil de Rali e ficaram em primeiro e segundo, respectivamente, na geral das motos.

Jean Azevedo fez o melhor tempo no primeiro dia do Rally do Velho Chico

Jean Azevedo fez o melhor tempo no primeiro dia do Rally do Velho Chico

O trajeto, que contou com aproximadamente 130 km de trechos cronometrados, largada em Jequiá da Praia e chegada em Praia do Gunga, na cidade de Roteiro, teve ainda os pilotos Honda Ike Klaumann, Guto Klaumann e Nielsen Bueno finalizando em 4º, 5º e 7º lugares, respectivamente, na geral.

A especial de abertura da prova realizada em Alagoas contou em grande parte com trechos em canaviais e terreno duro. A navegação por GPS exigiu atenção e habilidade dos participantes, que não tiveram chances para erros. Além da geral, Jean Azevedo que utiliza da Honda CRF 450X comanda a categoria Super Production. Dário é o segundo, seguido de Ramon Sacilotti e Ike Klaumann. Já na Production Aberta, Guto Klaumann é o primeiro, seguido de Wesley Macedo e companheiro de equipe Nielsen Bueno.

Neste domingo (26), os participantes voltam a acelerar pelas belas paisagens de Alagoas. A especial terá trajeto inédito, com largada e chegada em Barra do São Miguel. Duas zonas de radar, parada para abastecimento e trechos em estradas farão parte do percurso cronometrado de 130 km.

Jean Azevedo (São José dos Campos-SP), 1º na geral e Super Production:
“É a minha primeira vez no Rally do Velho Chico. Não estou acostumado com provas deste tipo, mas gostei e consegui ir bem. Tive que ter muita atenção, pois os canaviais pareciam labirintos. Muita entrada e saída. Qualquer erro comprometeria a prova. Consegui vencer a especial e ter uma vantagem razoável para os demais competidores. Amanhã é continuar com o mesmo foco”.

Dário Júlio (Lavras-MG), 2º na Geral na Super Production:
“Enfrentamos a especial praticamente em canaviais. Havia muita poça d’água também. Tínhamos que ficar espertos o tempo todo, pois havia muita navegação. Foi uma prova forte. Procurei andar com segurança”.

Ike Klaumann (Rio Negrinho-SC), 4º na Geral e na Super Production:
“Foi uma prova de média e baixa velocidade. Havia muita referência e navegação. Estava bem quente durante o percurso, mas consegui me sair bem. Estou melhorando a cada prova”.

Guto Klaumann (Rio Negrinho-SC), 5º na Geral e 1º na Production Aberta:
“Comecei a prova em um ritmo bastante forte, no entanto tive alguns problemas no meio da prova. A especial foi bem exigente. Não podia se desligar um minuto sequer. Havia muita poça d’água, curva e piso duro praticamente todo o trajeto”.

Nielsen Bueno (Bueno Brandão-MG), 7º na Geral e na 3º Production Aberta:
“Infelizmente tive uma indisposição estomacal durante a prova, fato que me prejudicou. No entanto, sabia que para o campeonato era importante eu terminar o trecho cronometrado. No fim, consegui a terceira colocação na Production Aberta. Está de bom tamanho. Preciso me recuperar o mais rápido possível para a última especial”.

Resultado extraoficial:

Geral  categoria Motos
1- Jean Azevedo 1h39min13s
2- Dário Júlio 1h42min23s
3- Ramon Sacilotti 1h43min36s
4- Ike Klaumann 1h45min56s
5- Guto Klaumann tempo à definir
6- Wesley Macedo 1h49min11s
7- Nielsen Bueno 1h51min44s

Super Production
1- Jean Azevedo 1h39min13s
2- Dário Júlio 1h42min23s
3- Ramon Sacilotti 1h43min36s
4- Ike Klaumann 1h45min56s

Production Aberta
1- Guto Klaumann tempo à definir
2- Wesley Macedo 1h49min11s
3- Nielsen Bueno 1h51min44s

Fonte: VipComm – foto de Fábio Davini

LARGADA DESSE SÁBADO FOI EM ORDEM INVERSA
Isso fez com que Jean Azevedo largasse na oitava colocação

Jean Azevedo

Jean Azevedo

A ordem de largada da etapa deste sábado foi inversa à de classificação do campeonato. Dessa forma, como Azevedo é o atual líder do brasileiro, ele acabou largando na oitava posição. “Isto foi ruim já que fiquei para trás e peguei muita poeira dos outros competidores na trilha. A parte boa é que consegui ultrapassá-los e abri uma certa vantagem. Estou contente com o meu resultado e a moto está 100%, mesmo após estes desafios”, ressaltou o piloto.

O Rally do Velho Chico continua neste domingo (26) com a realização da segunda e última etapa. Novamente, os participantes terão 125 quilômetros e a largada e a chegada acontecerão na cidade de Barra de São Miguel (AL).

O trajeto terá características muito parecidas com o primeiro dia, porém com mais trechos em estradas.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Piloto

Foto de divulgação