Jean chega em 8º no dia e ganha uma posição na geral

Jean Azevedo completou a salvo o percurso especial (cronometrado) da etapa de hoje do Rally Dakar 2006, entre Nouakchott e Kiffa, na Mauritƒnia. Ele percorreu os 599 km em 8h29min23s, marcando o 8§ tempo do dia, resultado que at‚ o momento o leva de volta ao grupo dos dez primeiros na classifica‡Æo geral, pulando da 11¦ para a 10¦ posi‡Æo.

Contrariando os progn¢sticos, o vencedor de hoje foi o francˆs Cyril Despres, atual campeÆo que vinha tendo muitas dificuldades ap¢s sofrer um acidente e deslocar o ombro. Mesmo com dores, Despres percorreu os 599 km da maior especial do Dakar em 7h55min48s, quatro minutos … frente do espanhol Marc Coma. Na classifica‡Æo geral, Coma permanece na lideran‡a, 22min47s … frente de Despres, agora o 2§ colocado.

O objetivo de Jean nas pr¢ximas etapas e ultrapassar trˆs dos nove pilotos que estÆo na sua frente e subir para a s‚tima coloca‡Æo, resultado igual ao conquistado na edi‡Æo passada da prova. NÆo fosse a penaliza‡Æo recebida na etapa de anteontem, Jean j  estaria na sexta posi‡Æo, a cerca de 25 minutos do quarto e do terceiro colocados.

Infelizmente, a etapa de hoje do Dakar ficar  marcada pela morte de Andy Caldecott. O piloto australiano sofreu um acidente com sua moto KTM na altura do quil“metro 250 do percurso. Quando as equipes de resgate chegaram ao local, pouco mais de 20 minutos depois, j  nÆo podiam fazer nada. Caldecott ocupava a 10¦ coloca‡Æo na contagem geral das motos, chegando a vencer a terceira etapa, entre Nador e Er-Rachidia. Ele havia terminado o Dakar 2005 em 6§ lugar mas, sem patroc¡nio, nÆo iria disputar o Dakar, at‚ que o acidente do piloto espanho Jordi Duran pouco antes da largada abriu uma vaga na equipe oficial da KTM. Caldecott aceitou a vaga.

Outro piloto que se acidentou hoje foi o espanhol Isidre Esteve Pujol, que ontem ocupava nada menos que a vice-lideran‡a do Dakar entre as motos. O piloto caiu da moto ap¢s percorrer 346 km da especial e foi levado para um posto m‚dico de helic¢ptero. A organiza‡Æo limita-se a afirmar que Esteve se machucou, mas que seu estado nÆo ‚ grave.

“Ralis sÆo provas de velocidade, provas no limite. Ningu‚m quer nunca que acidentes como esses aconte‡am, mas todos aqui sabem do risco”, disse Jean logo ap¢s chegar ao acampamento em Kiffa. No momento da queda de Caldecott, ele estava … frente do australiano. No ano passado, o itaiano Fabrizio Meoni (bicampeÆo do Dakar em 2001 e 2002) sofreu um acidente fatal em uma regiÆo pr¢xima, numa etapa que tinha o mesmo destino, a cidade de Kiffa.