Jean é 12º e cola nos dez primeiros

Ap¢s cinco dias no deserto, hoje foi a vez de as motos percorrerem um extenso trecho especial na 6¦ etapa do Rally Dakar 2006, entre Tan Tan (Marrocos) e Zouerat (Mauritƒnia). O brasileiro Jean Azevedo fez o 12§ tempo, percorrendo os 444 km cronometrados em 4h12min32s, doze minutos atr s do primeiro colocado de hoje, o chileno Carlos de Gavardo. Dessa forma, Jean sobe mais uma coloca‡Æo na classifica‡Æo geral, de 13§ para 12§ lugar, o que o deixa a apenas 4 minutos de distƒncia do seu objetivo prim rio, que ‚ estar entre os 10 primeiros colocados. At‚ o momento, 193 motos continuam na competi‡Æo.

O vencedor da etapa, Carlos De Gavardo, ‚ amigo de Jean – os dois inclusive treinaram juntos no deserto do Atacama, em novembro. Ele garantiu sua primeira vit¢ria do Dakar 2006 com o tempo de 4h00min32s, trˆs minutos e vinte e trˆs segundos … frente o italiano Giovanni Sala. Com a vit¢ria, o chileno passa a ocupar a 4¦ coloca‡Æo no geral.

O espanhol Marc Coma terminou a etapa em quinto lugar, resultado que o mant‚m na 1¦ coloca‡Æo na tabela geral, 3min43s … frente do francˆs Cyril Despres, que hoje sofreu um acidente durante a especial. O atual campeÆo do Dakar deslocou a clav¡cula, mas ainda nÆo desistiu de continuar na prova. Hoje, Despres levantou e completou o percurso de hoje em 7§ lugar. AmanhÆ, s¢ ele saber  se pode suportar a dor durante os pr¢ximos 5.184 quil“metros.

Polˆmicos, way points tiram Jean do Top 10
Comiss rio da prova vai analisar reclama‡Æo do piloto – O piloto Jean Azevedo suspeita que a organiza‡Æo esteja fazendo vistas grossas em rela‡Æo aos pilotos que estÆo deixando de passar pelos way points (wp) – pontos da planilha pelos quais os competidores tˆm obriga‡Æo de passar. Epis¢dios ocorridos na quinta e na sexta etapa, ontem e hoje, levantaram a d£vida no piloto brasileiro.

Jean conta que na etapa de ontem, entre Ouarzazate e Tan Tan, acelerava lado a lado com dois pilotos (ele prefere nÆo citar os nomes) e, ao perceber que tinha perdido o primeiro wp, resolveu retornar para evitar a penaliza‡Æo. “Este retorno me custou pelo menos cinco minutos”, calcula o piloto. Como a puni‡Æo para quem deixa de passar pelo wp ‚ bem superior (5 horas), Jean estava no lucro. Os outros dois concorrentes deveria ser penalizados no boletim divulgado todas as noites. No entanto, at‚ o momento nÆo ouve puni‡Æo para os infratores.

Hoje, ocorreu hist¢ria semelhante. O piloto come‡ou a etapa em grande estilo. No primeiro Posto de Controle (PC), havia subido da 13¦ para a 8¦ posi‡Æo. “Neste trecho, ultrapassei o David Fretigne e estava me sentindo muito bem”, disse Jean, referindo-se ao piloto francˆs, atual sexto colocado na classifica‡Æo geral. “Depois, segui todas as indica‡äes da planilha, sem errar e sem ser ultrapassado por ningu‚m, mas quando cheguei ao final da etapa, o Fretigne j  estava l “, contou.

“NÆo quero acusar nenhum piloto, nem tenho certeza do que pode estar ocorrendo, mas ‚ muito estranho”, disse o piloto na tarde desta quinta-feira no acampamento do Dakar na cidade de Zouerat, na Mauritƒnia. Jean sabe que pela primeira vez est  navegando pelas novas regras do Dakar, que limitam o uso do GPS, e que os seus principais concorrentes j  navegam desta maneira desde o in¡cio do ano passado, nas etapas do Mundial.

Ao receber a reclama‡Æo de Jean, feita por meio da equipe brasileira, o comiss rio da prova disse que analisaria e que daria uma resposta ainda hoje.