!cid_image002_jpg@01CC2068

Kawasaki Ninja 250R: agora em novas cores

A Ninja 250R, lançada no país em 2009, conquistou grande parte dos consumidores brasileiros. Em 2010, foram cerca de 5 mil unidades comercializadas. A Kawasaki, pensando no sucesso que modelo faz junto aos exigentes consumidores, colocou à disposição novas opções de cores para a versão 2011.

Além da tradicional Lime Green (verde), característico das motocicletas da Kawasaki, a Ninja 250R conta ainda com as cores Ebony (preta) e Pearl White (branca). Já para quem busca um visual bem mais arrojado, a fabricante coloca à venda a versão Limited Edition que apresenta a união das cores verde e preto em grafismos mais agressivos, proporcionando ao modelo um toque mais esportivo. A nova Ninja 250R também sofreu alteração em seu painel de instrumentos. Para esta nova versão, o equipamento conta com os marcadores na cor branca, substituindo o antigo fundo preto. Isso dará melhor visualização ao condutor e um aspecto ainda mais moderno a motocicleta.

A nova Ninja 250R pode ser encontrada nas principais concessionárias autorizadas da Kawasaki espalhadas por todo o território nacional ao preço sugerido de R$ 16.710, enquanto a versão Limited Edition chega custando R$ 17.040 (Base Grande SP e Grande RJ, com a taxa de frete inclusa). Para as demais cidades, consulte a concessionária mais próxima.

Motor mais potente da categoria
A Ninja 250R está equipada com motor de dois cilindros paralelos de 249 cm³ com duplo comando de válvulas no cabeçote (DOHC), e câmbio de seis marchas, desenvolvendo potência de 33 cv a 11.000 rpm, fazendo dela a motocicleta mais potente da categoria.

Visual esportivo e atenção aos detalhes
O modelo segue um visual arrojado muito por conta da composição de sua carenagem integral, que a assemelha às motocicletas superesportivas da marca. Na dianteira, o grande destaque fica por conta da união do farol à carenagem, além do painel de instrumentos muito bem equipado para proporcionar ao condutor o máximo em informações. 

O assento levemente inclinado e o guidom largo e elevado da Ninja 250R oferecem uma postura natural de pilotagem. A atenção aos detalhes fica evidente na interface com o piloto, onde até mesmo a sensibilidade dos botões foi cuidadosamente projetada para ser agradável ao toque. O tanque de combustível, com capacidade de 17 litros, foi desenhado para que os joelhos dos pilotos se adaptem confortavelmente.

A moldagem traseira com design estreito é pura tradição Kawasaki Ninja. Com uma cobertura opcional para o assento traseiro, a moto tranforma-se em um modelo monoposto ainda mais esportivo.

A saída cromada e esportiva do escapamento é mais uma das características marcantes da Ninja 250R modelo 2011. O escape 2 em 1 contribui para o torque em baixas e médias rotações e ainda proporciona uma curva de potência suave e progressiva.

Chassis harmonioso
O quadro robusto e a balança traseira propiciam uma base rígida e forte para a Ninja 250R. Suspensões dianteira e traseira com ajustes firmes e rodas de 17 polegadas completam um conjunto harmonioso e amigável ao piloto, oferecendo confiabilidade e estabilidade seja em baixas ou altas velocidades.

Rodas e pneus de 17”
A Ninja 250R utiliza rodas de 17” como suas irmãs superesportivas maiores. Os aros largos aceitam pneus esportivos de baixo perfil, que contribuem para a fácil e estável dirigibilidade em baixas velocidades.

Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.