ktm motogp rc16 2017

KTM terá equipe oficial na MotoGP em 2017

Quando o Mundial de MotoGP voltar de seu recesso entre o fim desta temporada e o início da próxima, lá em março de 2017, uma aguardada novidade estará alinhada no grid de largada: uma equipe oficial KTM. A marca austríaca desenvolveu um protótipo para participar do calendário 2017 do mundial, baseado em um motor V4, chassi em treliça, muito laranja e potência máxima em torno de 250 cavalos (e isso que toda as equipes divulgam, sem apresentar números específicos, claro).

Praticamente desvestida de mistérios, KTM apresentou e colocou para correr o protótipo RC16, com o qual a moto competirá na MotoGP em 2017

Praticamente desvestida de mistérios, KTM apresentou e colocou para correr o protótipo RC16, com o qual a moto competirá na MotoGP em 2017

Até então a KTM fazia parte do grande espetáculo da motovelocidade de forma mais tímida, oferecendo componentes para a categoria principal e com equipe na Moto3, onde é campeã com o sul-africano Brad Binder. Ao todo, ela fornece suas motos para seis equipes (Red Bull KTM Ajo, SKY Racing Team VR46, Leopard Racing, RBA Racing Team, Schedl GP Racing e Laglisse) e detém quatro títulos mundiais. O objetivo da marca é uma ascenção natural dentro do mercado de duas rodas mundial. Atualmente a KTM é a marca líder em vendas na Europa e ter uma equipe no mundial de MotoGP é como expô-la em uma vitrine.

Depois de inúmeros testes, que vem sendo realizados desde o início do segundo semestre, o protótipo enfim ganhou as pistas oficialmente, largando junto das demais motos e equipes na etapa final desta temporada, realizada em Valência no último final de semana. Conduzido pelo piloto de testes da marca, Mika Kallio, porém, o resultado do protótipo RC16 não foi o esperado. O piloto largou apenas na 20ª – de 22 – colocação e abandou a prova após 19 voltas devido a problemas mecânicos, mais precisamente à uma falha no sensor de velocidade da roda traseira. Segundo a direção da equipe, no decorrer dos inúmeros testes realizados anteriormente este defeito não havia surgido. Apesar de não cruzar a linha de chegada, Kallio elogiou o desempenho da moto e seu conjunto, dizendo que há condições de manter uma briga de igual para igual com as outras escuderias na temporada 2017 da MotoGP.

Os pilotos da KTM RC16 na temporada 2017 da MotoGP

No ano que vem os pilotos oficiais da equipe serão Pol Espargaró e Bradley Smith, companheiros na equipe Monster Yamaha Tech3 há três temporadas. Pol terminou a temporada atual do mundial na oitava colocação, com 134 pontos, mais do dobro de Bradley, que ficou com 17ª colocação ao somar 62 pontos. Eles já têm contrato assinado com a KTM até 2018.

RC16 estreou em Valência neste final de semana com uma performance aquém do esperado. Em 2017 e 2018, os pilotos da KTM na MotoGP serão Pol Espargaró e Bradley Smith

RC16 estreou em Valência neste final de semana com uma performance aquém do esperado. Em 2017 e 2018, os pilotos da KTM na MotoGP serão Pol Espargaró e Bradley Smith

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.