Laia Sanz, piloto multicampeã da Gas Gas Racing Team

Laia Sanz é campeã no Enduro X da etapa brasileira do X-Games

Laia Sanz foi a protagonista da corrida do Enduro X na etapa brasileira do X Games, que teve início na noite desta quinta-feira em Foz do Iguaçu (PR). Pela primeira vez no maior campeonato de esportes de ação do mundo, a espanhola multicampeã da Gas Gas Racing Team não teve dificuldades para conquistar a medalha de ouro. Na prova masculina, Rigor Rico foi o melhor brasileiro, sendo que Rômulo Bottrel e Tiago Vermelho também aceleraram entre as feras internacionais da modalidade que é totalmente nova no Brasil.

Laia Sanz entre os pilotos Rigor Rico, Tiago Vermelho e Rômulo Bottrel

Laia Sanz entre os pilotos Rigor Rico, Tiago Vermelho e Rômulo Bottrel

Além de estrear em grande estilo no X Games, Laia tornou inesquecível a sua primeira vez no país. “Estou muito contente em começar vencendo o X Games, não esperava levar a medalha de ouro. Gostei muito de estar no Brasil e das pessoas daqui, pena que não poderei ficar mais alguns dias”, comentou a piloto, que possui ainda em seu currículo 12 títulos mundiais de trial, três vitórias no Rally Dakar e um título mundial de enduro, todos na categoria feminina.

O Enduro X foi realizado em um circuito que mesclou velocidade e transposição de obstáculos. Os brasileiros disputaram pela primeira vez a modalidade e aproveitaram cada instante ao lado dos melhores pilotos do mundo. “Foi uma experiência única correr no X Games. Fiquei bem feliz com a minha evolução durante a prova, todos os brasileiros foram se soltando aos poucos, mesmo sendo algo totalmente novo para nós”, comentou Rigor Rico. Rômulo Bottrel concordou. “Foi um ótimo intercâmbio e mais uma motivação para seguirmos em busca de bons resultados na temporada”, acrescentou.

O Enduro X teve duas baterias classificatórias, cada uma com 14 pilotos, sendo que apenas cinco de cada corrida confirmaram a classificação. As outras quatro vagas disponíveis para as finais foram colocadas em jogo na repescagem, mas os pilotos brasileiros não avançaram. Entre 14 competidores, Rigor Rico foi o décimo da repescagem, seguido por Nielsen Bueno, Rômulo Bottrel, Tiago Vermelho e Peter Weiss. O polonês Taddy Blazusiak foi o mais rápido da final e levou a medalha de ouro do Enduro X. A programação da etapa nacional do X Games termina no dia 21 de abril.

LAIA SANZ JÁ CHEGOU COMO A FAVORITA DO X-GAMES
Pelo seu currículo, a espanhola já mostrava plenas condições de faturar o ponto mais alto do pódio.

Laia Sanz, piloto multicampeã da Gas Gas Racing Team

Laia Sanz, piloto multicampeã da Gas Gas Racing Team

A espanhola Laia Sanz já em sua chegada ao Brasil era considerada a mais forte candidata na prova de Enduro X da etapa brasileira do X-Games que começou nesta quinnta-feira 18 em Foz do Iguaçu (PR).

Foi aestreia da piloto multicampeã no maior evento de esportes do ação do mundo, evento que termina no dia 21 de abril.

“As minhas expectativas eram de viver uma experiência incrível, é a primeira vez participodo X-Games e estou muito contente. Como sempre, dei o máximo na moto para fazer um bom resultado, apesar de algumas meninas estarem em um nível bem forte. Tive de lutar muito”, comentou Laia Sanz. A espanhola possui em seu currículo nada menos do que 12 títulos mundiais de trial, três vitórias no Rally Dakar e um título mundial de enduro, todos na categoria feminina.