Lançamento da Yamaha Tenere 250

Caro leitor, não temos nenhuma informação oficial sobre a Yamaha Tenere 250 pra lhe apresentar. Isso mesmo, não temos nenhuma informação. A Yamaha do Brasil convidou diversos veículos para a apresentação da moto que ocorreu há alguns dias e deixou vários veículos online de fora, entre eles o Motonline.

Essa decisão da Yamaha deve ter sido muito bem fundamentada, você não acha? A internet realmente é irrelevante, não? O Motonline é um veículo sem importância alguma para o setor de duas rodas, não? Vamos aos fatos… atualmente o Motonline é acessado todos os meses mais de 1 milhão de vezes, leva informações para mais de 250 mil pessoas por mês em todo o Brasil e oferece o conteúdo de forma totalmente gratuita. Nossa audiência é maior do que a soma da audiência de todos os veículos impressos que participaram do lançamento. Mas isso deve ser irrelevante para a Yamaha. Somos reconhecidos pelos nossos leitores e pelas empresas do mercado como um dos veículos com maior credibilidade do setor, por nossas informações serem isentas, precisas e velozes. Mas isso também deve ser irrelevante para a Yamaha.

A demonstração de que a Yamaha não se importa com o Motonline não nos incomoda, mas com isso a Yamaha demonstra que não se importa com você, que é um dos 250 mil leitores que buscam informações no Motonline mensalmente. E isso nos incomoda muito. Por causa dessa decisão da Yamaha não poderemos atender às expectativas de vocês, com informações precisas sobre a Yamaha Tenere 250, no momento em que você souber do lançamento desse produto na televisão e quiser saber mais usando a internet. Isso também nos incomoda muito.

Talvez você tenha visto vídeos que há alguns dias estão circulando na internet sobre essa moto, alguns do Impostor, personagem do Programa Pânico na TV, e outros caseiros. Não afirmaremos que tudo, mas quase tudo, e principalmente os vídeos do Impostor, faz parte da campanha planejada pela Yamaha para lançar essa moto. Não pensem que vocês descobriram algum segredo. Os que pensam assim estão sendo manipulados e iludidos pela Yamaha. Isso tudo foi planejado previamente. No meio publicitário esses materiais que antecedem o lançamento do produto se chamam teasers (provocadores) e servem para despertar a curiosidade no publico. Depois vem o lançamento do produto com as informações completas. Muitas campanhas publicitárias contam com teasers e não é aí que está o problema. O problema está no fato de que a Yamaha tenta manipular e iludir você com esses teasers e para isso utiliza o meio online (internet), mas não se preocupa em municiar os veículos online com informações precisas sobre o produto para apresentar aos leitores no momento seguinte. Ou seja, ela dá importância à internet para manipular, mas não dá nenhuma importância a mesma internet para informar no momento seguinte.

Já ouvimos da própria Yamaha que eles não incluem os veículos online na mesma apresentação que fazem para os veículos impressos pois temem que estes não cumpram as datas de embargo solicitadas (datas antes das quais as informações não podem ser publicadas). Cumprir ou não cumprir data de embargo depende do quanto cada veículo preza pela sua credibilidade e imagem perante o mercado e não do meio em que atua. Veículos sérios online e offline cumprem data de embargo. O Motonline nunca deixou de cumprir uma data de embargo solicitada. Discriminar veículos por atuarem online é discriminar os internautas. Caro leitor, você conhece alguém hoje em dia que não navega na internet?

E tem mais. Não é a primeira vez que a Yamaha faz isso. No lançamento da Yamaha XJ6 também tivemos muito menos prioridade do que os veículos impressos.

E quem sai perdendo com tudo isso? Você, que não encontrará informações decentes na internet e dependerá dos meio offline se quiser se informar. Você não poderá escolher o meio que prefere, pois a Yamaha já escolheu por você. Claro que nós também saímos perdendo, pois deixamos de atendê-lo com rapidez e credibilidade como sempre o fizemos. Mesmo sem saber a própria Yamaha também perde.

Como já é consenso na sociedade, a internet revolucionou o mercado de comunicação e democratizou a informação, mas parece que a Yamaha não percebeu isso.

De acordo com o comportamento da Yamaha concluímos que para ela o público que se informa através da internet não tem importância e pode ser jogado à segunda (ou última) prioridade. Será que ela está certa? Nós do Motonline acreditamos que não.

Podemos ir um pouco mais além? Em todos os mercados, se você colabora com a construção de alguma empresa, geralmente essa empresa também colabora com a construção da sua. Princípio da parceria. Bom, para a Yamaha não é bem assim. Durante os últimos anos o Motonline divulgou notícias sobre a Yamaha, testou motos, e ajudou a Yamaha com a divulgação de informações importantes para que o público pudesse conhecer seus produtos. Com essas informações, o público pôde se basear em informações isentas para tomar suas decisões de compra.

Depois de tudo isso, fica a pergunta: será que o público de internet realmente não tem nenhuma importância? Convidamos você a participar da discussão para responder a essa pergunta. Criamos um tópico no fórum para que você diga o que pensa a respeito. Clique aqui para acessar o tópico. Expresse suas opiniões também nas redes sociais das quais você faz parte. Se preferir discuta no orkut ou no facebook.

Qual é a sua opinião?
O que você acha da postura da Yamaha em relação ao meio online?
Você utiliza o meio online para tomar suas decisões de compra?

Se você quiser apenas deixar um recado sobre esse assunto sem entrar na discussão, pode usar o espaço para comentários ao final deste artigo. Faça como preferir, pois aqui no Motonline o internauta tem prioridade e a escolha sempre será sua.

Yamaha, como sempre, o canal está aberto para resposta.

25/10/2010 18h30 – Aviso: Concentramos a discussão no fórum a partir deste momento.