Foto: Claudinei Cordiolli

Lançamentos da Yamaha no Salão Duas Rodas

Foto: Claudinei Cordiolli

Foto: Claudinei Cordiolli

O consumidor cativo da Yamaha sairá decepcionado do Salão Duas Rodas.

O estande ficou bonito, várias máquinas expostas, como a M1 campeã mundial de Motovelocidade usada por Valentino Rossi, a novíssima V-Max, a R1 modelo 2010 e só.

Porque o restante dos produtos expostos no estande já não são novidades para o consumidor brasileiro, como: FZ6 N e S, XT660R, MT-01, Midnight Star, modelos para trilha, Fazer 250 Edição Limitada que volta a ser comercializada, toda linha XTZ 125 e 250 e modelos YBR.

Nada de Ténéré e nada de XJ6. A MT-03 como já adiantado pelo Motonline, realmente, sumiu, sem qualquer aviso e, além, de não aparecer no salão, não faz mais parte da linha de produtos no site da Yamaha do Brasil.

De novidade uma Midnight Star customizada pela oficina Silverstone, que ficou linda e de extremo bom gosto. Dava para sentir a satisfação e o sorriso do seu idealizador Sylvestre Martines Paschoal, que informou condições de produzir em série ou ao gosto do consumidor.

De novidades, por parte da Yamaha: a cor roxa da YBR e com cores e brasões de times de futebol, que considerei de extremo mal gosto. Os times agraciados com a novidades são: Palmeiras, Corinthians, Portuguesa e Santos.

Já pensou um motoboy, com sua YBR Palmeiras, fazer uma entrega no bairro do Morumbi, passando pelo Cicero Pompeu de Toledo num dia de jogo entre Corinthians e Santos? Não quero nem imaginar.

Direto do Salão Duas Rodas