Novo estilo de vida proposto pelas motos elétricas Zero

Lançamentos Zero Motorcycles 2016 – Eletrizantes

Nos Estados Unidos há incentivos fiscais para os veículos elétricos além de uma indústria forte e um grande público que se importam com o assunto. A Zero Motorcycles vem há mais de 10 anos fabricando e desenvolvendo tecnologia para esse tipo de veículo e a inclusão na lei de incentivos para veículos de duas e três rodas se fez com bastante cuidado para que se tornasse efetivo o incentivo.

Hoje há dezenas de fabricantes naquele país e a frota crescente faz uso de uma infraestrutura de sistema de carga pública para os automóveis, mas que as motos também podem usufruir e possam ser recarregadas perto do local de trabalho, de forma que estejam prontas para serem utilizadas novamente na sua volta, por exemplo.

É para os carros híbridos e elétricos que essa realidade foi desenvolvida e está bastante concreta por lá. Toda uma cultura está se desenvolvendo no sentido de procurar soluções para melhorar a tecnologia quanto a mais autonomia e melhor custo-benefício no uso da energia limpa. Tudo isso, por fim, cai no colo do mercado de motocicletas também.

Novo estilo de vida proposto pelas motos elétricas Zero

Novo estilo de vida proposto pelas motos elétricas Zero

O Brasil teve o auge do Proalcool nos anos 80, em uma época em que aparentemente o governo se importava mais com a sua base energética e procurava soluções mais sustentáveis. Governos posteriores, imediatistas e com interesses diversos ao bem comum, descontinuou os planos de longo prazo que havia e passou a dar total prioridade ao combustível fóssil e sua infraestrutura arcaica e danosa ao meio ambiente.

Hoje apenas as maiores marcas, líderes do mercado de motocicletas, produzem motos bicombustível e seu uso com etanol está bastante restrito por causa da política de preços praticada. Se quisermos falar dos veículos elétricos e híbridos, pior ainda. Há sim incentivos como a isenção de imposto sobre importação (35%) que passa a valer neste ano. As marcas mais preocupadas com o futuro trazem seus produtos de fora e algum progresso se espera a partir de 2016, mas ainda é pouco.

Motos elétricas tem mais autonomia e postos de recarga públicos nos EUA

Motos elétricas tem mais autonomia e contam com postos de recarga públicos nos EUA

Precisamos de um projeto de longo prazo, disponível aos empresários para que a confiança necessária a novos investimentos seja restaurada. Num momento em que toda economia brasileira se retrai justamente pela falta de confiança dos investidores, é um bom momento para que se aproveitem essas oportunidades.

Na Zero Motorcycles, inovações são aplicadas nos novos modelos. Mais performance, cargas mais rápidas e maior autonomia. O Motonline testou dois dos primeiros modelos, importados em 2009 pelo Grupo Izzo, apresentada no Motonline por várias vezes e também no Salão Duas Rodas de 2011. A Zero Motorcycles é considerada uma das fábricas líderes da indústria de motos elétricas e apresentou grande crescimento no fim do ano passado. O ano de 2015 foi um ano recorde de vendas para a manufatura baseada na Califórnia e para 2016 eles prometem ainda mais.

Dois novos modelos foram introduzidos para inspirar uma gama mais ampla de motociclistas. Um novo motor, um sistema mais rápido para carga, com fórmula avançada na química das baterias de íons de lítio que dá maior capacidade para as motos, de forma antes nunca alcançada. A Zero adiciona vantagens na sua linha quando reduz os preços (nos EUA) dos dois modelos básicos, enquanto acrescenta mais características de performance.

Os seis modelos da Zero Motorcycles

Zero DS 2016

Zero DS 2016

Dual Sport - 315 km de autonomia na cidade, 54 hp e 9,4 kgf.m de torque

Zero DSR 2016

Zero DSR 2016

Max Adventure, 67 hp, 14,7 kgf.m de torque e mais de 150km/h de final

Zero FX 2016

Zero FX 2016

Stealthfighter, 44 hp, 9,7 kgf.m de torque e pesa menos que 136 kg

Zero FXS 2016

Zero FXS 2016

Supermoto - 44 hp, 9,7 kgf.m de torque e 4,1 segundos de 0 a 100 km/h

Zero S 2016

Zero S 2016

315 km de autonomia na cidade, 54 hp e 9,4 kgf.m de torque

Zero SR 2016

Zero SR 2016

Máxima performance, 67 hp e 14,7 kgf.m de torque faz 0 a 100 em 3,3 seg

“Em uma indústria em que as vendas são baixas e inovações difíceis de encontrar, nós continuamos a experimentar crescimento rápido, investindo em tecnologia que entrega entusiasmo e uma qualidade de pilotagem incomparáveis”, diz Richard Walker, CEO da Zero Motorcycles. Os lançamentos para 2016 começam com a introdução de duas novas motos, somando agora seis modelos distintos.

A Zero FXS, um modelo inspirado nas supermotos promete transformar as ruas das cidades em um playground urbano. Ela tem 9,7 kgfm (70 ft-lb) de torque, pesa menos de 136 kg e conta com componentes especialmente criados para prover um controle excepcional, com responsividade própria para as ruas.

Pilotos de aventura vão gostar da nova Zero DSR. Própria para incursões urbanas,  de asfalto e na terra, ela enfrenta trilhas e estradas de chão, da mesma forma que as ruas da cidade. Com 17,7 kgfm de torque a versatilidade dessa “dual sport” mostra rapidez no asfalto enquanto demonstra desenvoltura nas estradas de terra e trilhas.

“A linha 2016 é resultado de uma década de experiências e alavancagens no que fazemos de melhor: criar motores elétricos que proporcionam uma pilotagem desafiante aos motociclistas”, disse Abe Askenazi, chefe de tecnologia da Zero motorcycles. “A tecnologia é sofisticada, mas a maneira como a potência é entregue é simples e pura. Ande numa e você entenderá porque nós focamos exclusivamente em motocicletas elétricas”, desafia.

A empresa continua a avançar no que já é o “estado da arte” quanto ao desenvolvimento de tecnologia das motos elétricas nos EUA, com a motorização Z-Force® powertrain. O novo motor Z-Force® IPM (Imã Permanente Interior) produz potência de forma mais eficiente, resfria mais rápido e tem mais capacitação térmica que se traduz em melhora significativa de performance. Seja durante a pilotagem agressiva ou em velocidades máximas sustentadas por mais tempo. A energia é fornecida pelo Z-Force® power packs que possui tecnologia otimizada das células de íons de Lítio. O sistema contém a maior densidade de energia em toda indústria de veículos elétricos. Ganhos em capacidade e eficiência aumentou a autonomia da moto para 315 km (197 milhas) na cidade e 156 km (98 milhas) nas estradas, a 112 km/h (70 mph) com o acessório Power Tank opcional.

A Zero Motorcycles entrega a velocidade e conveniência nas cargas das baterias em dois níveis. Com o novo acessório Charge Tank (tanque de carga), os pilotos vão poder usufruir da vantagem da rede de estações de carga pública, em rápida expansão nos EUA e carregar três vezes mais rápido. O Charge Tank funciona com o plug J1772 standard naquele país e com ele a carga efetiva se dá em duas a três horas.

Sistema Power Tank provê a extensão da autonomia

Sistema Power Tank provê a extensão da autonomia

Zero continua a definir os padrões em performance e autonomia. De forma que as suas motos vão mais longe e mais rápido, mas também estão mais fáceis de serem adquiridas por lá. “Nós nos aprimoramos na transformação da experiência em transporte e em recreação e a parte chave dessa estratégia está em tornar a nossa moto acessível a um público maior, diz Scot Harden, vice-presidente de marketing da Zero Motorcycles. “Investimentos em tecnologia e nossa experiência e o crescimento contínuo nos permite reduzir os preços de dois modelos mais populares, a Zero S ZF 9.8 streetfighter e a Zero DS ZF 9.8 dual sport. O desafio elétrico está mais acessível do que nunca.”

Especificações do motor

Novo motor sem escovas pode produzir até 17 kgf.m de torque e 67 hp

Novo motor sem escovas pode produzir até 17 kgf.m de torque e 67 hp

O motor Z-Force® foi desenvolvido inteiramente pela Zero Motorcycles para ser ótimo em eficiência, potência e tamanho. Ele tem quase o mesmo volume e peso que os motores similares sem escovas utilizados em veículos do mesmo tipo, mas o motor Z-Force® produz até 130% mais potência e 150% mais torque. O Z-Force® aplicado nos modelos de maior performance da Zero, contém no seu interior ímãs permanentes (IPM) que melhoram em muito a performance em condições severas de pilotagem e velocidades altas mantidas por mais tempo. Esse motor apesar de potente, não necessita de escovas, sistema de arrefecimento e não tem nenhuma rotina de manutenção.

Quando combinado com o Z-Force® power pack, o motor compacto e leve produz potência de sobra e aceleração impressionante. O motor produz 100% do seu torque a partir da imobilidade, que dá aceleração total em arrancadas impressionantes.

Características principais do motor Z-Force®:

  • Capaz de produzir até 67 hp e 14,7 kgf.m de torque
  • Ampla faixa útil de rotação
  • Eficiente, potente, compacto, sem escovas e selado
  • Não requer manutenção de rotina
  • Arrefecido a ar de forma passiva, não requer sistema complexo de arrefecimento

Incentivos nos EUA

“Créditos em impostos para motos elétricas não são apenas uma forma efetiva de criar novos empregos, eles também são um investimento em tecnologia de energia limpa. Nós achamos que a América pode e deve liderar o mundo em tecnologia de motocicletas elétricas,” diz Richard Walker, CEO da Zero Motorcycles. “A indústria de motos elétricas está respondendo rapidamente à necessidade de nosso país por uma forma de transporte acessível financeiramente e ambientalmente responsável. Naturalmente, estamos animados em combinar a nossa paixão pelas motocicletas com algo que beneficia a todos.”

Depois de muitos meses de trabalho contínuo junto ao congresso americano, dois projetos sobre créditos de impostos para conectáveis (veículos elétricos), inclui os créditos de impostos para veículos conectáveis de 2 e 3 rodas que expirou no fim de 2013 e foi estendido como parte  das extensões da legislação sobre taxações assinada pelo Presidente Obama.

O texto inclui as seguintes provisões:

  • Estende o crédito de impostos para a infraestrutura de veículos elétricos do início de 2015 até o fim de 2016.
  • No caso do crédito de impostos de veículos de 2 e 3 rodas conectáveis, isso cobre 10% do preço de compra do veículo, até $2.500,00 no máximo, e se aplica apenas aos veículos capazes de andar a mais de 45 mph (72 km/h) e com 4 kilowatt-hora de baterias ou mais. As motos 2016 Zero S, Zero SR, Zero DS, Zero DSR, Zero FX and Zero FXS todas se qualificam a esse incentivo.
  • Esses créditos de impostos são retroativos e se aplicam às motos elétricas e carregadores de veículos elétricos comprados em 2015.
  • Todos os novos modelos de motos Zero, comprados em 2015 e 2016 estão incentivados pelo crédito de impostos.

Os preços estão na faixa de $8.500 até $16.000 dependendo do modelo. O carregador Charge Tank como acessório chega em março de 2016 e deve custar perto de $2.000. O sistema de aumento de autonomia Power Tank já tem tem seu preço e está listado em $2.674 (valores em dólar americano). Fica o convite aos empresários brasileiros para investirem nessa ideia inovadora.Separador_motos



Pioneiro no Motocross e no off-road com motos no Brasil, fundou em 1985 o TCP (Trail Clube Paulista). Desbravou trilhas em torno da capital paulista enquanto testava motos para revistas especializadas.