Foto: Bitenca

Lavagem, Biz fuma, Mais veneno, Vela, Não acredita, Empinando, Corrente bate

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Ola pessoal do Motonline! Quero parabenisa-los pelo otimo site! Minha duvida é: qual moto devo comprar entre…(brincadeirinha). Bom li uma reportagem em q vcs ensinaram lavar o motor da moto com querosene, mas eu queria saber qual parte da moto q eu não posso molhar com querosene?, e o suporte das pedaleiras, o quadro, balança, rodas. Eu tenho uma twister. E se eu molhar o tanque o que eu devo faser? Desde já agradeço, e continuem assim com esse site! Huegon (19) Boa Ventura de São Roque, Parana
R: Huegon, começando a ler seu email já deu arrepios… Estou ficando traumatizado com essa pergunta. Mas sem brincadeira, olha só. O único lugar ruim de molhar com querosene ou qualquer outro tipo de solução oleosa são os freios, tanto os a disco quanto os de tambor (apesar destes serem mais protegidos, às vezes acontece). Se isso ocorrer por acidente lave bem com um bom detergente para tirar toda oleosidade, se possível lixe as pastilhas/lonas e disco/tambor, a frenagem pode ser prejudicada. Cuidado com os lavadores que pulverizam os freios, não deixe que façam isso. Eles ficam prejudicados pelo resto da vida das pastilhas (ou lonas). O pior são aqueles “entendidos” que fazem o que querem, porque acham que sabem tudo. Por isso as minhas motos lavo eu. Abraços

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Essa é para o Bitenca: Possuo uma Honda Biz 125, ano 2006. A moto está com 22 mil quilômetros e sempre fiz as revisões na concessionária autorizada e o óleo trocado em média a cada 1.500km. Rodo quase todo o tempo com garupa e giros mais altos uma vez ou outra (quando me atraso, etc). O problema é o seguinte: a cerca de 1 mês notei que a moto está “fumando” e baixando o nível do óleo sutilmente. Só que essa baforada de
fumaça ocorre só após descer alguma rua íngreme, rodando no plano não solta fumaça. Antes que eu mande abrir o motor, você poderia me dar alguma dica do que pode ser o problema? Desde já agradeço e aproveito para parabenizar seu trabalho, pois acompanho o Motonline desde quando o Tite começou no site e o nível continua muito bom!
R: Fernando, dependendo de inúmeros fatores isso já pode ocorrer nessa
quilometragem. O mais provável nas condições que descreveu é a entrada de óleo pelas guias de válvula e anéis do pistão, porque na longa descida o vácuo do motor “puxa” o óleo das partes mais próximas. Se você usar menos o freio motor o consumo pode diminuir, mas às vezes isso é inviável. Então o melhor remédio mesmo é refazer a parte de cima do seu motor. Pelo menos a troca dos anéis e retentores de válvulas. Daí pode rodar talvez mais 10 mil Km antes de ter que fazer tudo. Insista e verifique por si mesmo a limpeza do filtro de ar ao fazer as revisões. Você não quer desconfiar da oficina então verifique por sí mesmo se essa limpeza foi feita de fato. Abraços

Boa noite! vcs estao de parabens pelo site e pelas reportagens!!!! gostaria de aproveitar o espaço e fazer um pedido!!! no começo de 2007 vcs escreveram um artigo sobre o kit de aumento de cilindrada da fazer 250, onde ela iria para 290cc gostaria que escrevessem um arigo falando sobre esse comando de valvulas esportivo que esta sendo vendido e sobre esse modulo de injeção programavel da servitec! gostaria de saber se estas, junto com o aumento de cc são auterações que valem a pena para o uso diario! obrigado
R: Daniel, Toda modificação para aumento de potência diminui a vida útil do motor. As forças aplicadas aos componentes podem chegar ao limite de sua resistência pois fadiga dos materiais aumenta consideravelmente. Para o uso diário não recomendaria nenhuma modificação da configuração original de sua moto. Abraços

1amente, parabens a todos os envolvidos com o site, sou leitor desde os primórdios mas é a 2[ vez que escrevo, dá ultima vez foi para encher o saco do tite, mas vamos lá 1º qual a função da vela? e qual sua durabilidade? é verdade que vela velha pode acarretar em maior consumo de combustivel ou isto é mito, outra qual o consumo de uma xt600E bem acertadinha, pois vejo em varios forum e ate no orkut pessoas dizendo que varia de 10km/l a 25km/l, pois estou pensando em comprar uma, (já tive uma ano 1997 e o consumo era de 14km/l, portanto se tiver como aumentar esta margem irei pegar outra, pois na minha nunca havia trocado nem vela nem filtro, quais as implicações qto a isto e por ultimo de qto em qto km devo trocar o oleo da xt 600, abraços e descupla por tantas perguntas
R: Obrigado Augusto, A função da vela de ignição é essa mesmo, iniciar a explosão por meio da ignição de uma faísca elétrica no meio da câmara de combustão. A durabilidade depende de vários fatores como a temperatura de trabalho, horas de uso e regime de trabalho. Então cada fabricante determina a média de km entre trocas. A utilização de uma vela desgastada pode acarretar o consumo excessivo sim, uma vez que a ignição pode se dar em condições desfavoráveis. A Yamaha XT600 em boas condições deve ter um consumo na ordem de 30Km/l estando bem regulada. Varia um pouco conforme o tipo de uso e qualidade do combustível. Procure no manual da motocicleta a melhor recomendação para o período de troca de óleo e filtros. Abraços.

Gostarai de saber se wheeling e um esporte ele tem associaçoes escolas qual os macetes para aprender gostaria de aprender as manobras. grato.Wagner35Assis SP.
R: Wagner, não temos conhecimento de escolas ou associação dessa atividade. Outro dia mesmo vi um garoto de bermudas (verdade que não dava para saber a idade, estava de capacete pelo menos) numa CG passando por mim a milhão, só na roda traseira e…. Mas não é que um pouco à frente havia um comando cheio de guardas com armas pesadas em punho… O rapaz foi parado e como eu vinha devagar não chamei atenção do grupo e passei sem olhar para o lado. O fato é que essa atividade não é bem-vinda no trânsito e as pessoas se arriscam demais sem saber das possíveis conseqüências. Procure uma escola de pilotagem que eles podem lhe orientar melhor nos quesitos segurança e desenvolvimento de habilidades. Pilote com segurança. abraços,

Bitenca, minha moto atual Twister 2007 apresentou uma batida na corrente de comendo, ainda na garantia levei na concessionária e me disseram que ara apenas o acionador do tensor, que foi trocado. Resolveu apenas por alguns dias e logo voltou a apresentar barulho. Mais a garantia já havia vencido. Meu mecânico de confiança abriu e observou que a corrente já estava desgastada, necessitando de troca, o que saiu bem salgado. Tudo isso com apenas 6.000km e olha que cuido direitinho dela, faixa rotação, troca de óleo, revisões. Isso pode ser considerado normal?Obrigado e parabéns pelo site, ótimo para conseguir informações a respeito do mundo das duas rodas, sou leitor assíduo a mais de 3 anos. Éturi (26) Palmeira, PR
R: Obrigado Éturi, Realmente não é comum esse defeito com essa quilometragem, mas já que seu mecânico o identificou, pergunte a ele o porquê. Eu não posso, de longe, emitir uma opinião sem verificar a condições das peças.
abraços,