Foto: O goiano Wellington Garcia

Leandro Silva briga pela liderança do Brasileiro de Motocross em Canelinha

Foto: O goiano Wellington Garcia

Foto: O goiano Wellington Garcia

A partir das 13 horas deste domingo (26/04), no motódromo Arthur Jachowicz, em Canelinha, Santa Catarina, será disputada a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross.

Trezentos pilotos estarão alinhados no gate para disputar as quatro principais categorias da competição: MX1, MX2, 85 cc e CRF230cc onda. Ontem, sábado, foram disputadas as baterias da MXjr, 65 cc, MX3 e 50cc. Além dos pilotos, o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, confirmou presença ao evento. Ele fará a premiação ao vencedores.

A temporada 2009 do campeonato brasileiro vem sendo marcada pelo surgimento de novos talentos no cross brasileiro. Leandro Silva (Honda Móbil) , campeão brasileiro do Supercross no ano passado, vice do motocross em 2007 e bicampeão do Arena Cross em 2007/08, lidera a categoria SX1 e vem se transformando num dos grandes nomes da modalidade no País. Ele aposta na vitória em Canelinha.

“A pista em Canelinha por ser rápida e ter uma opção de traçado diferente de Indaiatura, onde venci, nivela os pilotos. Entretanto, estou conseguindo acertar a minha moto, que é um equipamento novo e vou buscar a vitória a me manter na liderança na competição”, afirmou.

CONCORRÊNCIA – Ele enfrenta, contudo, a concorrência de pilotos também talentosos como João Paulino, o Marronzinho, de Santa Catarina que, por correr em casa, surge como um dos favoritos da etapa de Canelinha. O goiano Wellington Garcia é outro piloto que pode ameaçar a hegemonia de Silva..

A briga pela vitória é acirrada, principalmente porque vem surgindo uma nova geração de pilotos em condições de vencer as diversas categorias do Brasileiro de Cross. O mineiro radicado no Rio de Janeiro, Swian Zanoni, também da equipe Honda é um dos maiores expoentes deste seleto grupo, ao lado de Roosevelt Assunção; Jean Ramos, Marcelo “Ratinho” Lima, Thales Vilardi, Anderson Cidade, Christopher Castro, Erick Bretz (2B Racing), entre outros.

MARIANA – Mariana Balbi, piloto mineira, irmã de Jorge Balbi, quinta melhor classificada no campeonato norte-americano da categoria feminina, vem se transformando numa atração à parte na competição nacional. Correndo com experientes pilotos brasileiros nas categoris Mxjr e MX3, ela já conseguiu o terceiro lugar na etapa de abertura do campeonato, disputado no mês passado em Indaiatuba, São Paulo. Hoje ela aparece como um das favoritas a vencer nas categorias que disputa. Se depender da torcida do publico que acompanhou neste sábado os treinos classificatórios, ela terá um estímulo extra para vencer. Ela conseguiu ontem o décimo primeiro tempo entre 31 competidores na categoria MXjr.

Os horários das provas deste domingo são os seguintes:
13 horas – MX2 (Motos 2 tempos de 100 a 150 cilindradas e 4 tempos de 175 até 250 cilindradas. Pilotos de 15 a 50 anos)
14 horas – CRF 230 CC (Motos Honda – Pilotos de 14 a 55 anos)
14h45min. – 85 CC (Motos 2 tempos de 70 até 105 cilindradas e 4 tempos de 75 a 150cc – Pilotos homens de 11 a 15 anos e mulheres até 17 anos)
15h35min.: MX1 (Motos 2 tempos de 100 a 250 cilindradas e 4 tempos de 175cc até 450 cilindradas. Pilotos de 15 a 50 anos)