Foto: Stefany Serrão compete nos principais campeonatos do país na categoria 85cc

Lesão no joelho afasta Stefany das próximas competições

Foto: Stefany Serrão compete nos principais campeonatos do país na categoria 85cc

Foto: Stefany Serrão compete nos principais campeonatos do país na categoria 85cc

A piloto de motocross Stefany Serrão constatou esta semana a necessidade de uma cirurgia em seu joelho esquerdo.

Com apenas 12 anos de idade a paulista é destaque do motociclismo nacional e única atleta do circuito com status de piloto oficial de fábrica. Com diversos títulos no currículo, atualmente Stefany compete pela equipe oficial Yamaha nas principais competições de motocross do país.

Na mais recente etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, disputada em Santa Catarina, a piloto sentiu fortes dores no joelho o que motivou uma série de exames em seu retorno a São Paulo. Apesar das dificuldades Stefany conseguiu concluir a corrida e somar dois pontos na prova com a conquista da 14ª posição, mas exames mais detalhados realizados no joelho da atleta nos últimos dias detectaram o rompimento do ligamento cruzado anterior, além de um problema no menisco. Este último já havia sido previsto pelos médicos, quando Stefany sentiu dores na região durante a corrida de Canelinha, SC.

O grande problema é a necessidade de reconstituição do ligamento, que provocará um período muito maior de recuperação do que se houvesse necessidade de intervenção apenas no menisco. Antes a previsão de retorno de Stefany as corridas era de quatro semanas, agora o período de recuperação está programado em quatro meses, podendo estender-se a seis meses.

A atleta recebeu com muita tristeza o resultado dos exames, pois eles significaram também seu afastamento de praticamente todo restante da temporada. — A Stefany ficou muito triste e chateada com a notícia. Conversando com os médicos chegamos a conclusão de que a melhor opção é fazer a cirurgia o quanto antes. Ela não queria ter de abandonar esta temporada, mas o problema poderia se agravar. Se não operasse agora teríamos que fazer a cirurgia no final do ano, neste caso ela não estaria recuperada antes do início da próxima temporada–, explicou o pai da piloto, Dener Serrão.

Na próxima semana Stefany fará a cirurgia em São Paulo, SP. Em um primeiro momento pós-cirúrgico a atleta ficará com a perna esquerda em total repouso. Depois, a partir da segunda semana, terá início uma nova fase na recuperação com os primeiros exercícios e fisioterapia.

Stefany Serrão compete no Motocross com patrocínio Yamaha, General Motos, Valflex, Motul, Bridgestone, Circuit, Roncar, Fox e DoubleX.