Foto: Bitenca

Limpeza correta, Barulho no motor, Susto na terra, Partida no frio

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Fico impressionado, com a dica de lavagem incentivando a usar Querozene ! Produto Cancerigeno, e que agride o meio ambiente. Seria melhor incentivar o uso de produtos Biodegradável, o Planeta e a Saúde agradecem ! Carlos, 54, São Paulo, SP.

R: Bem lembrado Carlos, para isso seria melhor o uso de sabão biodegradável apenas. Fica a recomendação. Abraços

Estou com uma suzuki 1000-R GSX esta quando esta fria tem um barulho como se fosse corrente de comando ou tucho quando chega aos 100 em geral para. pergunta isso é normal? aguardo obrigado. Eller, 45, Natal, RN

R: Elleri. As Suzukis quatro cilindros têm motores bastante silenciosos mecanicamente, apenas um pouco de barulho na embreagem pode ser normal, mas com a característica que você descreve acho melhor fazer uma verificação mais detalhada num mecânico. Barulho com motor frio que diminui ou acaba ao aquecer se deve a folgas que se eliminam com o calor. Isso pode ser normal mas em geral acontece quando já há algum desgaste de componente interno. Boa sorte,

Gostaria de contar com a opinião do pilotos de MOTONLINE, na seguinte questão: possuo uma XTZ 750 na qual rodo 20% em terra e 80% em asfalto. Ela está equipada com Michelin Anakee que precisa ser substituído. Já levei alguns sustos com ele na terra, principalmente com chuva. No seco é show! O que vcs acham do Metzeler Enduro 3? É bom de chuva? É de terra? Adere no asfalto? Agradeço qq dica e aprecio muito o site e a forma transparente com que os profissionais expressam suas considerações. Parabéns! Helio, 60, Itaboraí, RJ

Foto: Julio Carone

Foto: Julio Carone

R: Obrigado Helio, quanto a sua pergunta: Seu uso é de apenas 20% na terra e essa moto, tem proposta para um uso bem estradeiro, aceitando muito bem estradas de chão com buracos e pedras, tanto quanto o asfalto de várias qualidades. A utilização do Anakee acho perfeita. O Enduro 3 vai se apropriar a um uso mais de terra e você vai sentir uma perda de aderência no asfalto que prejudica os 80% de sua utilização. A melhora não será tão expressiva na terra que justifique a perda no asfalto, se ele estiver molhado então será ainda pior. Acho que os sustos que você tomou mostra apenas que atingiu o limite do conjunto. Ande bem na terra, com um pouco mais de cuidado, no molhado até por causa da flexão normal do chassis de sua moto e use os pneus apropriados ao seu uso, estes são muito bons.
Bons passeios, curta sua moto mais dentro dos seus limites. Abraços.

E aí, Bitenca! Muito frio por aí? Aqui em Porto Alegre tá frio de renguear cusco! Tenho uma GS500, mas acho que essa pergunta pode valer pra mais gente. Teria alguma dica pra ajudar nas partidas com o frio da manhã? Ouvi falar de umas velas “iridium”, será que isso funciona mesmo? Abraço! André, 30, Porto Alegre, RS

R: André, no frio as motos têm dificuldade na partida, isso é normal ainda mais nas carburadas e com nossa gasolina misturada com álcool. Bem regulada não deve haver muitos problemas (veja nossas matérias sobre carburação 1, 2 e 3). Experimente com o afogador acionado, ou sem se der melhor resultado, mas sem mexer no acelerador, dê partidas curtas (3 ou 4 segundos) até que o motor estabilize, Quanto mais frio maior o número dessas partidas, mas o motor deve pegar na quinta ou sexta no máximo. Ao pegar, a rotação começa a aumentar com o tempo e então se estiver acionado, vá voltando o afogador até a posição normal. Hora em que pode sair com a moto, com o motor em temperatura normal de trabalho.
Se não conseguir executar essa rotina de partida pela manhã, mesmo no frio, deve haver algum problema A causa pode ser desde a qualidade do combustível até um defeito mais grave, como baixa compressão por exemplo. As velas de irídium são uma boa opção sim, melhoram o desempenho da combustão em geral, que melhora a partida a frio também. Abraços,