Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, afirmou que o regresso de Valentino Rossi à formação em 2013 lhe dará motivação extra e que está muito contente por voltar a ter o italiano como companheiro de equipa.

Lorenzo contente com renovada parceria com Rossi

Numa entrevista dada à BBC no ‘Boot Camp’ do também piloto de MotoGP™ Colin Edwards ante do Red Bull Grande Prémio de Indianápolis, Lorenzo afastou qualquer tipo de preocupação em relação à anterior fria relação entre os dois pilotos e sente que a mudança pode beneficiar ambos e a equipa.

Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, afirmou que o regresso de Valentino Rossi à formação em 2013 lhe dará motivação extra e que está muito contente por voltar a ter o italiano como companheiro de equipa.

Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, afirmou que o regresso de Valentino Rossi à formação em 2013 lhe dará motivação extra e que está muito contente por voltar a ter o italiano como companheiro de equipa.

Ele disse: “Somos os dois pilotos vencedores e nenhum quer perder. Penso que a nossa relação melhorou, se bem que isso talvez se deva a estarmos em formações diferentes. São boas notícias para a Yamaha porque atingimos muitos bons resultados em conjunto. Voltar a contar com ele é muito motivador porque sempre gostei de ter o melhores pilotos na minha garagem. O Valentino é um deles. Creio que tentar bater-me vai ser uma grande motivação para ele. Para a Yamaha será bom e isso é o mais importante.”

Lorenzo também afirmou que acredita que as capacidades de Rossi não diminuíram e espera forte oposição por parte de um dos seus maiores rivais. “Alguém que é talentoso normalmente continua a sê-lo e não deixa de o ser em dois ano. Ele ainda é suficientemente jovem. Tem 33 anos; venceu muitas corridas. Com a Yamaha a ser uma moto melhor este ano será mais fácil para ele. É verdade que nós, pilotos mais jovens, estamos a ficar mais fortes, mais experientes e mais consistentes, mas não nos podemos esquecer que o Valenitno venceu muitas corridas. Temos de respeitar e de manter isso em mente.”