gbr12_99lorenzo__lg86325_0_slideshow_169

Lorenzo garante terceira vitória consecutiva

 

Num fim-de-semana de menos a mais, Jorge Lorenzo acabou por fazer brilhar a sua pilotagem na corrida de MotoGP™ disputada este domingo em Silverstone e assinou o quarto triunfa da época de 2012, o terceiro consecutivo. O espanhol fica assim mais isolado na frente do Campeonato, agora com 25 pontos de margem sobre Casey Stoner, que hoje foi segundo.

 Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, conquistou disputada vitória na excitante corrida de MotoGP™ no Hertz Grande Prémio de Inglaterra, em Silverstone, à frente Casey Stoner e Dani Pedrosa.

Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, conquistou disputada vitória na excitante corrida de MotoGP™ no Hertz Grande Prémio de Inglaterra, em Silverstone, à frente Casey Stoner e Dani Pedrosa.

A liderança inicial da prova esteve a cargo de Ben Spies (Yamaha Factory Team), que aproveitou a segunda posição da grelha para disparar para a frente do pelotão. Atrás do texano seguiam o Campeão do Mundo Casey Stoner (Repsol Honda) e Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini), que garantiu a primeira pole na categoria rainha. Enquanto isto, Nicky Hayden (Ducati Team) e Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Team) também assumiam posições no grupo da frente.

Contudo, quatro voltas volvidas o texano viu-se batido pelo australiano e o grupo passou a assistir a várias lutas, entre elas a disputa entre Bautista e Lorenzo. O primeiro tentava manter-se à frente do líder do Campeonato, enquanto o segundo fazia tudo para não perder de vista o Campeão do Mundo no topo da classificação. Nas voltas seguintes Lorenzo aumentou o ritmo e reduziu a diferença para Stoner até o ultrapassar a nove voltas do final

Sempre forte no final das corridas, Lorenzo rodou ao limite nas voltas seguintes, se bem que um susto pregado pela M1 o recordou que os pneus não lhe permitiam grandes aventuras. A dupla da Repsol Honda não despegou do líder, mas Lorenzo conseguiu manter a vantagem sobre os dois rivais e terminou a corrida com três segundos de margem sobre Stoner.

Dani Pedrosa completou o pódio depois de levar a melhor sobre Álvaro Bautista, que pode orgulhar-se da sólida prestação apresentada ao longo das 20 voltas da corrida e com a conquista do quarto posto, o seu melhor resultado na categoria rainha até ao momento. Enquanto isso e depois de perder ritmo, Spies teve de contentar com o quinto posto, à frente do herói da casa Cal Crutchlow, que recuperou da queda de sábado para partir da última posição da grelha e efectuar brilhante recuperação até ao sexto posto final.

Nicky Hayden, Stefan Bradl, Valentino Rossi e Héctor Barberá completaram a lista dos dez primeiros, com Aleix Espargaró (Power Electronics) a terminar como melhor CRT em 11º.