Lorenzo roda para a primeira vitória de 2010 em Jerez

Lorenzo roda para a primeira vitória de 2010 em Jerez

Lorenzo roda para a primeira vitória de 2010 em Jerez

Uma fantástica corrida viu Jorge Lorenzo levar a melhor sobre o compatriota Dani Pedrosa no Grande Prémio bwin de Espanha e passar para a frente da classificação do Campeonato do Mundo de MotoGP depois do terceiro lugar de Valentino Rossi na tirada.

Jorge Lorenzo passou para a frente da classificação do Campeonato do Mundo de MotoGP depois de vencer a segunda jornada do ano, em Jerez, para grande alegria do público da casa presente. Dani Pedrosa (Repsol Honda) foi segundo após emocionante corrida, com o companheiro de equipa de Lorenzo na Fiat Yamaha, Valentino Rossi, a completar o pódio e a passar para segundo da geral.

Um rápido início da corrida viu o homem da pole, Pedrosa, entrar na Curva 1 em primeiro, com Rossi a subir de quarto da grelha para segunda e Hayden também a disparar da segunda linha da grelha para entrar na luta pela liderança.

Na terceira volta Loris Capirossi (Rizla Suzuki) caiu pouco depois de Aleix Espargaró também ter ido ao chão. O piloto da Pramac Racing conseguiu regressar à corrida, o que já não se verificou com Capirossi e à oitava volta Ben Spies (Monster Yamaha Tech3) entrou para as boxes e desistiu com problemas no pneu frontal da sua M1, isto numa altura em que rodava entre os dez primeiros.

A meio da corrida Pedrosa liderava o pelotão com segundo e meio de margem sobre Rossi e com Lorenzo a mais dois segundos. A luta pela sétima posição era muito renhida, com os homens da San Carlo Honda Gresini Marco Melandri e Marco Simoncelli a lutarem entre si e num grupo de cinco pilotos.

Por essa mesma altura Lorenzo reduzia a diferença para Rossi e na 21ª volta passou o companheiro de equipa e centrou as suas atenções em Pedrosa. Foi a partir desse momento que se desenhou um fantástico duelo entre os dois espanhóis.

A duas voltas do final Lorenzo apanhou o piloto de fábrica da Honda e tentou a ultrapassagem, mas Pedrosa manteve a linha e por pouco os dois pilotos não se tocaram.

Chegados à última volta, Pedrosa alargou a trajectória na Dry Sack, o que permitiu a passagem de Lorenzo para a frente da corrida, posição que não mais perdeu para garantir a merecida vitória. O piloto da Fiat Yamaha terminou com 0,543s de margem sobre Pedrosa e com Rossi no mais baixo do pódio.

A completar a lista dos cinco primeiros ficaram os pilotos da Ducati Marlboro Nicky Hayden, que repetiu o quarto posto do Qatar, e Casey Stoner, isto enquanto Andrea Dovizioso foi sexto.

Mika Kallio (Pramac Racing) escalou desde último da grelha para terminar em sétimo, com Melandri, Randy de Puniet (LCR Honda) e Álvaro Bautista (Rizla Suzuki) a fecharem o Top 10.