Foto: Largada da categoria VX1, com Marcelo Maziero (#866) e Paulo Stedile (#10) à frente

Lui Fietz mantém liderança do Campeonato Brasileiro de Velocross

Foto: Largada da categoria VX1, com Marcelo Maziero (#866) e Paulo Stedile (#10) à frente

Foto: Largada da categoria VX1, com Marcelo Maziero (#866) e Paulo Stedile (#10) à frente

Catarinense usa estratégia em Passo Fundo/RS e segue em 1º na VX1 e VX2

A cidade de Passo Fundo, no interior do Rio Grande do Sul, recebeu neste fim de semana (dias 7 e 8/8) a 5ª etapa dos Campeonatos Gaúcho e Brasileiro de Velocross. Com gates cheios e bom público, apesar do frio do inverno no Sul do país, a prova teve grandes disputas dentro da pista e novos vencedores no campeonato. Fazendo uma corrida baseada na estratégia, procurando não cometer erros, o catarinense Lui Fietz, não venceu, mas conseguiu se manter na liderança das duas principais categorias do Brasileiro de Velocross, a VX1 e a VX2.

Na VX1, a vitória foi de Marcelo Maziero, seguido por Douglas Finato, Leandro Lemos, Lui Fietz e Paulinho Stedile. Já na VX2, Mateus Basso foi o primeiro colocado, com Leandro Lemos em segundo, Marcelo Maziero em terceiro, Luís Felipe Fietz (irmão de Lui) em quarto, e Lucas Basso em quinto.

– Havia muitos pilotos bons nessa etapa. Larguei atrás do Boka (Luciano de Oliveira, vencedor da 4ª etapa, em Anápolis/GO) e do Stedile. Combinei com a minha equipe que iria forçar somente depois dos dez primeiros minutos, pois nas primeiras voltas seria uma loucura. Quando parti para cima do Boka, o Stedile caiu, e na volta seguinte o Boka também foi para o chão. A partir dali fui andando redondo, deixei o Leandro (Lemos) me passar e procurei ficar na frente do Stedile. Deu certo e agora estou com uma boa vantagem no campeonato – declarou Lui Fietz.

Na VX3 importada, a vitória ficou com Fernando Berwanger, seguido por Fabiano Ribeiro, Giovane Pick, Maiara Basso e João Francener. Já na VX3 Nacional, Danny de Oliveira foi o primeiro colocado, com Marcio Salsolio em segundo, João Francener em terceiro, Edu Araújo em quarto e Aníbal Neto em quinto.

A briga também foi forte nas demais categorias. Na Força Livre Nacional, a vitória foi de Leandro Lemos, com Jacson Keil em segundo e Daniel Bassani em terceiro. Na 250cc, Cassio Oliveira foi o primeiro colocado, com Jacson Keil em segundo e Guilherme Zottis em terceiro. Os três primeiros da 250cc voltaram ao pódio na 230cc, apenas invertendo as posições de Jacson Keil (vencedor) e Cassio Oliveira (2º). Guilherme Zottis mais uma vez foi o terceiro colocado.

Com o resultado da etapa de Passo Fundo, Lui Fietz lidera a classificação geral da categoria VX1 com 107 pontos, contra 92 de Luciano “Boka” Oliveira, e 88 de Paulo Stedile. Na VX2, Lui também é o primeiro colocado, mas viu sua vantagem cair para apenas quatro pontos para o segundo. Ele soma 104 pontos, contra 100 de seu irmão, Luís Felipe Fietz. Giovane Pick é o terceiro com 62.

– Agora, felizmente, quem vai precisar arriscar são eles, Stedile e Boka. Tenho os pontos ao meu lado e estou tranqüilo. Andando na VX2, antes, a pressão passa, pois já fico mais acostumado com a largada e a pista – afirma Lui, que lidera também a categoria VX1 no Catarinense e no Sul-Brasileiro de Velocross.

Os demais líderes do Brasileiro de Velocross são: Giovane Pick (VX3 Importada); João Francener (VX3 Nacional); Fernando Dieter (Força Livre Nacional); e Guilherme da Silva (250cc e 230cc).

A 6ª etapa do campeonato acontece nos dias 4 e 5 de setembro, em Paracatu/MG. A 5ª etapa dos Campeonatos Gaúcho e Brasileiro de Velocross foi uma realização da Federação Gaúcha de Motociclismo (FGM), com supervisão da própria FGM e da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

Confira o resultado da etapa de Passo Fundo:
VX1
1º – MARCELO MAZIERO (20m51s261)
2º – DOUGLAS FINATO (a +15s573)
3º – LEANDRO MATOS LEMOS (a +16s517)
4º – LUI ANDRE FIETZ (a +30s699)
5º – PAULO CESAR STEDILE (a +32s619)

VX2
1º – MATEUS FÁVERO BASSO
2º – LEANDRO MATOS LEMOS
3º – MARCELO MAZIERO
4º – LUIS FELIPE FIETZ
5º – LUCAS FÁVERO BASSO

VX3 Importada
1º – FERNANDO SANCHES BERWANGER
2º – FABIANO GUIMARÃES RIBEIRO
3º – GIOVANE FERNANDO PICK
4º – MAIARA BASSO
5º – JOÃO SILVERIANO FRANCENER

VX3 Nacional
1º – DANNY SANTOS DE OLIVEIRA
2º – MARCIO DALSOLIO
3º – JOÃO SILVERIANO FRANCENER
4º – EDU ARAUJO
5º – ANIBAL BARRETO NETO

250cc
1º – CASSIO ROSSI OLIVEIRA
2º – JACSON KEIL
3º – GUILHERME FORMIGHIERI ZOTTIS
4º – LUCIANO DE CONTO
5º – ANTONIO EDU BRAZACA

230cc
1º – JACSON KEIL
2º – CASSIO ROSSI OLIVEIRA
3º – GUILHERME FORMIGHIERI ZOTTIS
4º – DOUGLAS DEOLIVEIRA CARVALHO
5º – ADENILSON DORIGON

Força Livre Nacional
1º – LEANDRO MATOS LEMOS
2º – JACSON KEIL
3º – DANIEL BASSANI
4º – FELIPE MARCELO DELOSS
5º – DYANOS ANDREI DA SILVA

Confira a classificação do Brasileiro de Velocross:
VX1:
1º – LUI ANDRÉ FIETZ – 107 pontos
2º – LUCIANO DE OLIVEIRA – 92
3º – PAULO CESAR STEDILE – 88

VX2:
1º – LUI ANDRÉ FIETZ – 104 pontos
2º – LUIS FELIPE FIETZ – 100
3º – GIOVANE FERNANDO PICK – 62

VX3 Importada:
1º – GIOVANE FERNANDO PICK – 105 pontos
2º – JOÃO SILVERIO FRANCENER – 95
3º – VOLNEI JOAO DARIN JUNIOR – 56

VX3 Nacional:
1º – JOÃO SILVERIO FRANCENER – 112 pontos
2º – MARCO AURELIO FARIAS – 63
3º – DANNY SANTOS DE OLIVEIRA – 25

Força Livre Nacional:
1º – FERNANDO HENRIQUE DIETER – 83 pontos
2º – JACSON KEIL – 72
3º – WANDER ALVES MELEIRO – 37

250cc:
1º – GUILHERME ROBERTO DA SILVA – 79 pontos
2º – RICARDO RIBEIRO BATISTA – 49
3º – WANDER ALVES MELEIRO – 48

230cc:
1º – GUILHERME ROBERTO DA SILVA – 64 pontos
2º – DOUGLAS DE OLIVEIRA – 68
3º – RICARDO RIBEIRO BATISTA – 50