Foto: Luiz Pires/VIPCOMM - Maico Teixeira lidera o pelotão

Maico Teixeira vence as duas baterias da 600 Hornet no Rio de Janeiro

Foto: Luiz Pires/VIPCOMM - Maico Teixeira lidera o pelotão

Foto: Luiz Pires/VIPCOMM - Maico Teixeira lidera o pelotão

A etapa de abertura da 600 Hornet, novo campeonato de motovelocidade que integra o Racing Festival, realizada neste domingo (30), no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, terminou com duplo pódio do gaúcho Maico Teixeira.

Na largada da primeira bateria, Cidalgo Chinasso saiu na frente, mas antes mesmo de completar a volta inicial, Fábio Peasson, que fez o melhor tempo no treino classificatório, retomou a liderança da prova. Isso foi até a segunda volta, quando Maico Teixeira assumiu a frente da competição para vencer a bateria. Peasson e Devanir Lippi disputaram lado a lado a segunda posição. Lippi caiu e terminou apenas em 14º lugar. No final, Chinasso ultrapassou Peason e garantiu a vice-colocação.

Com pressão do início ao fim, Maico Teixeira também venceu a segunda bateria. Primeiro, foi Pierre Chofard que ficou na cola do gaúcho. Mas Chofard caiu na quarta volta e deixou a competição. Depois, Fábio Peasson e Devanir Lippi andaram praticamente juntos para tentar alcançar Teixeira que comemorou as duas vitórias do dia e a liderança do campeonato. “Minha estratégia foi usar pneus novos na primeira bateria. Também consegui manter bom ritmo durante toda a prova e segurar os adversários. Ainda há alguns ajustes a fazer no equipamento, porém a moto superou as expectativas”, conta Teixeira.

Foto: Luiz Pires/VIPCOMM - O vencedor no pódio

Foto: Luiz Pires/VIPCOMM - O vencedor no pódio

Peasson foi o segundo e Diego Faustino, o terceiro. “Esse campeonato promete muito. Minha disputa com o Maico já vem de anos. A moto é bem competitiva e todo mundo anda com potência igual”, diz Peasson. “Fiz uma boa prova, mesmo segurando um pouco no começo. Estou muito satisfeito com meu desempenho e resultado nesta primeira etapa do Racing Festival”, comenta Faustino.

Todos os pilotos utilizam a motocicleta Honda CB 600 F Hornet. “A categoria é competitiva e a integração com as provas de turismo e monoposto contribuiu para o sucesso do evento. As motos são muito potentes e têm um bom conjunto. O resultado pode ser conferido na pista”, avalia José Luiz Terwak, gerente do Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH) de Indaiatuba (SP).

A próxima etapa está marca para 23 a 25 de julho, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR).

Resultados

1ª bateria 600 Hornet (19 voltas)

1 – Maico Teixeira #36 – 26:17.298
2 – Cidalgo Chinasso #11 – 26:17.940
3 – Fábio Peasson #61 – 26:18.408
4 – Pierre Chofard #2 – 26:24.083
5 – Rafael Paschoalin #113 – 26:24.230
6 – Danilo Lewis #17 – 26:28.646
7 – Diego Faustino #3 – 26:34.971
8 – Luiz Cerciari #4 – 26:37.598
9 – Gian Calabrese #19 – 26:46.535
10 – Mauro Thomassini #50 – 26:47.366
11 – Adilson Cajuru #0 – 26:47.482
12 – Marco Brunheroto #777 – 26:56.147
13 – Alan dos Santos #78 – 26:58.116
14 – Devanir Lippi #28 – 27:08.802
15 – Diego Pretel #8 – 27:17.216
16 – Ricieri Luvizotto #42 – 27:23.603
17 – Ruan Burdino #83 – 27:41.193
18 – Ricardo Levy #131 – 27:42.732
19 – Helder Shad #116 – 26:51.205
20 – Adelmo Kohl #88 – 20:55.088 (14 voltas)
21 – Patricio Maduro #56 – NC
22 – Victor Moura #25 – NC
23 – José Teixeira #51 – NC
*NC – Não classificado
Volta mais rápida – Devanir Lippi #28 – 1:22.256

2ª bateria 600 Hornet (19 voltas)

1 – Maico Teixeira #36 – 27:35.273
2 – Fábio Peasson #61 – 27:35.530
3 – Diego Faustino #3 – 27:37.258
4 – Danilo Lewis #17 – 27:37.559
5 – Adilson Cajuru #0 – 27:39.074
6 – Luiz Cerciari #4 – 27:41.334
7 – Rafael Paschoalin #113 – 27:41.457
8 – Cidalgo Chinasso #11 – 27:46.288
9 – Mauro Thomassini #50 – 27:53.637
10 – José Teixeira #51 – 27:59.432
11 – Marco Brunheroto #777 – 28:03.198
12 – Diego Pretel #8 – 28:04.336
13 – Ricieri Luvizotto #42 – 28:29.555
14 – Ricardo Levy #131 – 28:43.932
15 – Helder Shad #116 – 28:44.653
16 – Victor Moura #25 – 27:37.053 (1 volta)
17 – Ruan Burdino #83 – 27:49.231 (1 volta)
18 – Adelmo Kohl #88 – 27:55.121 (1 volta)
19 – Gian Calabrese #19 – 28:00.336 (1 volta)
20 – Patricio Maduro #56 – 28:01.794 (1 volta)
21 – Alan dos Santos #78 – 22:02.284 (4 voltas)
22 – Devanir Lippe #28 – 22:02.423 (4 voltas)
23 – Pierre Chofard #2 – NC

*NC – Não classificado
Volta mais rápida – Danilo Lewis #17 – 1:22.590

Classificação geral do campeonato:

1 – Maico Teixeira #36 – 40 pontos
2 – Fábio Peasson #61 – 32 pontos
3 – Cidalgo Chinasso #11 – 25 pontos
4 – Diego Faustino #3 – 24 pontos
5 – Danilo Lewis #17 – 23 pontos
6 – Rafael Paschoalin #113 – 20 pontos
7 – Luiz Cerciari #4 – 18 pontos
8 – Adilson Cajuru #0 – 16 pontos
9 – Mauro Thomassini #50 – 13 pontos
10 – Pierre Chofard #2 – 13 pontos
11 – Marco Brunheroto #777 – 9 pontos
12 – Gian Calabrese #19 – 7 pontos
13 – José Teixeira #51 – 6 pontos
14 – Diego Pretel #8 – 5 pontos
15 – Ricieri Luvizotto #42 – 3 pontos
16 – Alan dos Santos #78 – 3 pontos
17 – Ricardo Levy #131 – 2 pontos
18 – Devanir Lippe #28 – 2 pontos
19 – Helder Shad #116 – 1 ponto
20 – Victor Moura #25 – 0 ponto
21 – Ruan Burdino #83 – 0 ponto
22 – Adelmo Kohl #88 – 0 ponto
23 – Patricio Maduro #56 – 0 ponto

A categoria 600 Hornet do Racing Festival 2010 tem patrocínio da Honda, Banco Santander, Advance (Shell); co-patrocínio da Pirelli, Aymoré Financiamentos e apoio da Revista da Moto!