Mais uma vez, caminhão conquista o melhor resultado entre os brasileiros no Rally Dakar

Mais uma vez, caminhão conquista o melhor resultado entre os brasileiros no Rally Dakar

Mais uma vez, caminhão conquista o melhor resultado entre os brasileiros no Rally Dakar

Neste domingo, o caminhão Tatra da Equipe Petrobras Lubrax, do trio André Azevedo/Maykel Justo/Mira Martinec, conquistou a melhor colocação de um veículo brasileiro – 4ª – e também o seu melhor resultado até o momento do Rally Dakar 2009. A prova chegou ao Chile e realizou a sua oitava etapa entre Valparaíso e La Serena.

“Foi uma etapa rápida e gostosa de fazer. Passamos dois sustos em curvas bem fechadas e com precipícios ao lado, mas pilotei com muita segurança. Mas a partir de amanhã é que o rali promete ficar ainda mais difícil”, afirmou o piloto André Azevedo. O caminhão agora subiu uma posição na classificação geral acumulada, chegando na 8ª colocação.

Em casa – Nas Motos, Rodolpho Mattheis, da Equipe Petrobras Lubrax também fez um ótimo tempo no dia e segue na vice-liderança da categoria Motos Marathon até 450cc. Em sua estréia no Rally Dakar 2009, o piloto afirmou ao terminar a etapa deste domingo que se sentiu “em casa”. “Eu adorei o dia. Foi a etapa mais divertida até agora. O piso duro com areia fina e escorregadia me lembrou o local onde costumo treinar, entre Petrópolis (RJ) e Campos do Jordão (SP). Dava até para escorregar nas curvas”, contou. “Só não arrisquei mais, pois tinham abismos nos dois lados da pista”, concluiu.

Já a dupla Jean Azevedo / Youssef Haddad, do Mitsubishi Pajero Full da equipe brasileira, não teve muita sorte neste domingo. “Logo no km 06 do trajeto quebrou o diferencial dianteiro. Tivemos que andar bem mais devagar até que no km 186 foi a vez de quebrar o câmbio. Uma pena”, explicou Azevedo.

Durante o dia de descanso do Rally Dakar 2009, que aconteceu ontem, o veículo passou por uma revisão e foram trocados diversos itens do carro. “E esta oitava etapa era bem gostosa para pilotar, curva seguida de curva, em uma região montanhosa”, acrescenta o piloto.

Amanhã (12), os competidores entrarão no famoso Deserto do Atacama. Serão 537 quilômetros no total, sendo 449 de trechos cronometrados.

Resultados do Rally Dakar 2009
Caminhões
Oitava etapa (11.01.2009)
1º De Rooy/Colsoul/Van Melis (Ginaf) – 2h47min33s;
2º Chagin/Savostin/Nikolaev (Kamaz) – 2h49min15s;
3º Loprais/Stajf/Holan (Tatra) – 2h49min45s;
4º André Azevedo/Maykel Justo/Mira Martinec (Tatra) – 2h53min33s.

Geral
1º Kabirov/Belyaev/Mokeev (Kamaz) – 27h40min43s;
2º Chagin/Savostin/Nikolaev (Kamaz) – 27h44min23s;
3º De Rooy/Colsoul/Van Melis (Ginaf) – 27h58min29s;
8º André Azevedo/Maykel Justo/Mira Martinec (Tatra) – 33h24min15s.

Carros
Oitava etapa (11.01.2009)
1º Sainz/Perin (Volkswagen) – 3h47min19s;
2º Depping/Gottschalk (Volkswagen) – 3h51min21s;
3º Miller/Pitchford (Volkswagen) – 3h51min31s;
* Dupla Jean Azevedo/Youssef Haddad não completou esta etapa devido problemas mecânicos

Geral
1º Sainz/Perin (Volkswagen) -27h29min59s;
2º De Villiers/Von Zitzewitz (Volkswagen) – 27h40min56s;
3º Miller/Pitchford (Volkswagen) – 27h48min04s;
* Atualização com o resultado da dupla brasileira seguirá mais tarde.

Motos
Oitava etapa (11.01.2009)
1º Cyril Despres (KTM) – 4h07min39s;
2º Marc Coma (KTM) – 2h09min28s;
3º Francisco Lopez (KTM) – 4h10min35s;
35º Rodolpho Mattheis (KTM) – 4h47min02s (2º na categoria Marathon até 450cc)

Geral
1º Marc Coma (KTM) – 30h33min15s;
2º David Fretigné (Yamaha) – 31h39min43s;
3º Cyril Despres (KTM) – 32h06min49s;
41º Rodolpho Mattheis (KTM) – 38h52min24s (2º na categoria Marathon até 450cc)

Confira abaixo como será a etapa de amanhã (12):
Etapa 9 – La Serena /Copiapo (Chile)
Deslocamento: 88 km
Especial: 449 km
Total do dia: 537 km

Característica: Esta será a primeira parte da trilogia decisiva. A fama do Deserto do Atacama, o mais seco do planeta, será testada pelos competidores. A etapa será típica do Dakar 2009, com muitas mudanças de terreno.