Manaus- Comissão técnica aprova oito PPBs

Oito novos PPBs- Processo Produtivo B sico, que deverÆo beneficiar grande parte das ind£strias instaladas no PIM- P¢lo Industrial de Manaus, foram aprovados e liberados pela comissÆo t‚cnica do governo federal.

A superintendente da Suframa, Fl via Grosso, explicou que essa medida contribui para a expansÆo dos setores de duas e quatro rodas, que estÆo inclu¡dos entre os maiores exportadores do Estado, al‚m de fortalecer o projeto de cria‡Æo de um p¢lo de componentes em Manaus. Entre os novos PPBs aprovados estÆo inclusos projetos embargados desde 2001.

O setor de quatro rodas ganhou mais um PPB para a produ‡Æo de cilindros-mestres hidrov cuos e cilindros de embreagem para ve¡culos com cƒmbio automatizado. A solicita‡Æo tinha sido feita pela empresa Nissin Brake do Brasil no in¡cio do ano 2001. Outro PPB aprovado foi para a produ‡Æo de cilindro para acondicionar g s e solicitado pela empresa White Martins em 2002.

A superintendente da Suframa, Fl via Grosso, explicou que uma das metas da autarquia ‚ trabalhar em cima dos passivos dos PPBs pendentes. “Conseguimos que v rios projetos engavetados fossem liberados. Isso deve incrementar a produ‡Æo de componentes no PIM e alavancar, principalmente, os p¢los de duas e quatro rodas que j  estÆo entre os mais importantes do Brasil em decorrˆncia do potencial exportador”, comentou.

A Videolar ‚ outra empresa beneficiada pela libera‡Æo dos PPBs, j  que foi aprovada a altera‡Æo no antigo projeto para a produ‡Æo de poliestireno. A partir de agora a empresa vai poder fornecer a resina para fora do PIM aumentando o volume de internamento da produ‡Æo e abrindo novos mercados, o que permitir  a redu‡Æo da importa‡Æo do produto.

No segmento de mat‚ria-prima, outro PPB aprovado foi o de poliuretano da empresa Amazon Motion que pretende incrementar a cadeia produtiva de embalagens e pe‡as. Neste pacote de projetos rec‚m-liberados est  o PPB que altera o prazo estabelecido para empresas que trabalham com a produ‡Æo de motores el‚tricos para condicionadores de ar split, sendo que a solicita‡Æo partiu da ind£stria LG Eletronics, no in¡cio deste ano.