Coma é um exemplo de profissionalismo e representa a pura paixão pela motocileta

Marc Coma renova com a KTM

O espanhol tri-campeão do Rally Dakar, Marc Coma, renovou seu contrato como piloto oficial da KTM em provas internacionas de grande expressão. Ele anunciou também seu desejo de se aposentar na equipe: “Estou contente de ter sido parte da família KTM por dez anos. E olho para a frente como piloto oficial da marca na qual comecei, tendo como imediato panorama o Rally dos Faraós, o do Marrocos e o Dakar em 2012.

Coma é um exemplo de profissionalismo e representa a pura paixão pela motocileta

Coma é um exemplo de profissionalismo e representa a pura paixão pela motocileta

O chefe da KTM Motorsports, Pit Beirer, disse que a equipe está orgulhosa de tê-lo há tanto tempo, conseguindo resultados fantásticos, e esperando ainda outros mais. Disse que Coma é um exemplo de profissionalismo e representa a pura paixão pela motocileta, a mesma de todos na KTM. E também é um piloto sob medida para as nossas imbatíveis KTM 450 Rally, nos maiores raids de velocidade e resistência do mundo.

Outro importante dirigente da divisão esportiva da marca austríaca, o ex-campeão mundial de motocross  Heinz Kinigadner, comentou que a equipe precisa da personalidade forte e motivação extra, mostradas por Marc Coma quando as coisas são difícieis e ele é o mais forte. Marc não é somente uma parte fixa da família KTM, mas também da história da companhia, disse o ex-campeão mundial.

O piloto de Barcelona juntou-se a KTM para correr o Dakar em 2003, já  chegando em terceiro lugar em quatro etapas, entrando para o rol dos potenciais campeões, e iniciando assim  uma robusta parceria com a moto mais resistente do mundo. Venceu a prova em 2006, quando ainda era disputada na África e de novo em 2009 e 2010 na América do Sul. São suas três das dez vitórias consecutivas da KTM no Dakar, e outras tantas nos mais duros rallys do mundo, inclusive o dos Sertões, que seu companhiero Cyril Despres ganhou este ano.