Meleca, haja, mercado, kits, intrudona, etc

Meleca, haja, mercado, kits, intrudona, etc

Meleca, haja, mercado, kits, intrudona, etc

Tite, parab‚ns pelo furo de reportagem sobre a Yamaha! Gra‡as a Deus est  chovendo bastante aqui no sertÆo e o motor da minha Fazer est  todo amarelinho, cor de barro!. Como ‚ que eu fa‡o pra tirar essa meleca e deixar o motor limpinho? a Shiva do Renzo e a Twister do William por acaso j  foram encontradas? Nenhuma pista?
Carlos – Banabui£, Ce
Rapaz, nÆo sei como tirar esse barro, mas experimente querosene que limpa at‚ ficha policial! A Shiva do Renzo e a Twister do Bob continuam desaparecidas, para desespero dos pais aflitos.

Haja!
Tite, ando percebendo uma menor atualiza‡Æo do site, at‚ mesmo da  rea “carta dos leitores” e percebi tb, que algumas mensagens enviadas por mim naum foram respondidas, ser  pq em todas elas pe‡o o teste da twister. Amigos meus dizem que mandam direto emails pedindo o teste e vc naum publica no ar as mensagens e nem as responde. Tite kd o teste da twister? Outros testes estÆo entrando mas o dela nada. Ser  um jogo de marketing seu?
Diego – Franca, sp
Bem que minha mÆe falou pra eu ser dentista! Pow, Dieg¢n, desculpe se nÆo passei o fim de semana e o carnaval atualizando o site, mas eu tava ocupado fazendo o teste comparativo da Hornet com a XT 660R, o teste da CB 1300, o teste da Sundown STX 200 Motard, da Falcon 2007 e da Honda VTX 1800. Ih, nÆo sobrou tempo pra Twister! Quem sabe na p scoa!

Mercado
Tite Parab‚ns pelo site que melhora a cada dia, com novidades super interessante como a Amazonas e a Motard 250. Vamos ter uma concorrˆncia que beneficie o consumidor com o advento do SalÆo duas Rodas 2007? Pergunto, pois acho absurdo nÆo existirem concorrentes para a XT 660R, para Falcon e o sumi‡o das motos de m‚dia cilindrada. Sem concorrˆncia os pre‡os sempre ficam l  em cima com pouca expectativa de queda. SugestÆo: Vocˆ poderia trazer informa‡äes de comportamento de outros mercados de moto, tipo Japones, Americano, Espanhol, etc para nos dar uma id‚ia do est gio onde estamos e para onde estamos indo.
Robinson – Barueri – SP
Olha, eu nÆo gosto muito de comentar os mercados europeu e americano porque me d  depressÆo e meu estoque de Lexotan t  no fim. NÆo creio em concorrente para a XT 660R, uma moto que vende apenas 200 unidades por mˆs, mas concordo que ‚ um modelo com um pre‡o surreal. Uma moto com essa caracter¡stica custar R$ 25.5000 e uma Hornet R$ 30.000 acaba empurrando o consumidor pra Hornet.

Kits
Tite ! Excelente o editorial de 09/1/07 sobre a Fazer 290. Meus parab‚ns. Sugiro mat‚rias semelhantes sobre a YBR e outras motos que tenham kits para aumento de cilindrada.
Ernesto – Rio de Janeiro – R.J.
NÆo est  nos planos, mas se pintar eu fa‡o sem problemas. A YBR ‚ uma que ‚ f cil de fazer.

Intrudona
Geraldo! Parab‚ns pela mat‚ria da Amazonas 250cc. Confesso que tmb me empolguei ao ler, pois, de 97 a 98, fui dono de uma Intruder 250cc, zero Km. Sempre em contato com o pessoal da Duaction Suzuki, na capital ga£cha e, buscando a ficha t‚cnica da intruder 250, soube que aquele motor ter¡a DUAS v lvulas de admissÆo e UMA, de escape. DE qualquer modo, que este novo lan‡amento chegue logo, para esquentar ainda mais o nosso mercado brasileiro.
Paulo – Porto Alegre, RS
NÆo sei qual a ficha t‚cnica que vc achou, porque na minha a Suzuki Intruder 240 tem 4 v lvulas.

Editorial
Tite, acabei de ler uma mat‚ria sua, sobre o motociclista morto por engano! Cara, ‚ de doer, nÆo existe seguran‡a nas grandes cidades, que deveria nos socorrer nos mata! Inaceit vel! Eu mesmo, cidadÆo pacato do sul do Brasil, abandonei a carreira militar como Cabo Engenheiro do Corpo de Fuzileiros Navais quando fui for‡ado a me mudar para o RJ. Na minha EX profissÆo, vida,morte e guerra eram assuntos frequˆntes, pois trabalhavamos com armas nas mÆos! Mas nÆo no ambiente civ¡l, quando vc sai com a fam¡lia para ir ao cinema e tem que desviar de pelo menos 5 cad veres no caminho!Muito boa a sua mat‚ria, parab‚ns!!!
Fabio – Rio Grande/RS
Obrigado, F bio!

P‚ de chinelo
Tite, uma pequena d£vida para sua imensur vel sabedoria: nos carros ‚ proibido dirigir de cal‡ado aberto (sand lias, chinelos) em virtude que um dos p‚s serve para duas coisas, e o mesmo pode ficar preso causando algum acidente. E no caso das motos, ‚ proibido andar com cal‡ado aberto? Digo isto porque aqui em Floripa vez ou outra uma “otoridade” cisma com isso e ‚ meio sem nexo pois ningu‚m vai trocar de marcha ou freiar com os dois p‚s!
Eduardo – Florian¢polis/SC
O guarda t  certo, ‚ proibido sim por questäes de seguran‡a, e c  pra n¢s: pilotar moto de chinelo ‚ bem perigoso! Use um tˆnis! E quando for ao RibeirÆo da Ilha comer ostras lembre de mim e leve meu livro pra ler debaixo da  rvore!

Comparativo
Com a comercializa‡Æo atrav‚s do grupo Izzo, a Ducati est  mais acess¡vel ao p£blico brasileiro, e com pre‡os “atrativos”. Seria interessante um teste com a Ducati Monster 695, que esta com o pre‡o semelhante ao da Honda CB600 Hornet e a Suzuki Bandit 650N.
Sidney – Campinas SP
J  pedi a Monster h  mais ou menos trˆs meses, no entanto a assessoria de imprensa ainda nÆo atendeu meu pedido. E nÆo ser  um comparativo com a Hornet, porque nÆo terei as duas motos dispon¡veis no mesmo dia.

ReflexÆo
Caro Geraldo Simäes, novamente o Contran com suas resolu‡oes. primeiro a regulamentacao de transporte de cargas. Concordo que deve exixtir uma normatiza‡Æo, mas da forma absurda como as coisas sao colocadas sei la. quero ver como vao agir os motoboys/motofrete. essa id‚ia de colete ‚ discutivel. to preocupado com relacao aos bauletos (chamados de porta-capacetes pelo contran) que podem transpor no maximo 15cm do final da moto. nem os ve¡culos da policia estao dentro disso. agora minha indaga‡Æo ‚ com relacao aos capacetes: mandei plotar os tais adesivos com 18cmý, com um logo do nosso MC, e agora vem o contran e diz que deve medir 40cm de comprimento e 3,5 de largura. que especifica‡ao contradit¢ria! e outra barbaridade: os retrorefletivos devem ter impressos que o material ‚ aprovado pelo denatran.. agora temos q fazer todo o trabalho denovo. se sair mais uma resolucao diferente vou instalar 4 lampadas vermelhas de 15w nos meus capacetes, se um policial vier me multar por falta de elementos sinalizadores noturnos, toco fogo na moto na frente dele!
F bio – Curitiba-Pr

Pardais
Gustavo – SÆo Gon‡alo, RJ
Vossa infinda sapiˆncia ! Tire uma d£vida que corr¢i meus calcanhares.  verdade ou lenda urbana que os radares de velocidades (“pardais”) nÆo identificam motos. Pois j  ouvi dizer de v rias pessoas que ele funciona por volume de massa, e que as motos nÆo compreendem um volume suficientemente grande para ser “pego” pelos radares. Al‚m do que muitos amigos que tenho sempre passam voado pelos pardais e nunca receberam multa. J  estive na garupa de uma ZX11 a 240Km/h e o dono da moto que sempre s¢ anda “devagar” (pois quer trocar a ZX11 por uma que passe dos 300) nunca recebeu multa e nunca reduz nos pardais. Existe alguma explica‡Æo Cient¡fica pra isso?
NÆo sei como funcionam os pardais ga£chos, mas os paulistas pegam a moto se vc quiser eu te mando minhas multas pra provar!