logo abraciclo tom

Mercado de motos deve estabilizar em 2014

O ano de 2014 será de desafios para as montadoras de motocicletas instaladas no Brasil. Com menos dias úteis no calendário, as empresas estão prevendo estabilidade no volume de negócios este ano, ficando praticamente alinhado com 2013. A produção de motocicletas deve ficar em torno de 1.670.000 unidades, ante 1.669.370 unidades fabricadas no ano passado, o que representa uma retração de 1,2% em relação a 2012 (1.690.187 unidades), conforme dados divulgados pela Abraciclo -Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

Os emplacamentos devem atingir 1.515.000 unidades em 2014, volume praticamente igual ao de 2013 (1.515.571 unidades). Já as vendas no atacado, que chegaram a 1.587.239 motocicletas em 2013 – uma queda de 2,4% em relação a 2012 (1.625.446 unidades) –, devem totalizar 1.585.000 unidades em 2014.

“Nossa perspectiva para 2014 é de estabilidade nos negócios, sem grandes mudanças no cenário em relação a 2013, que prosseguiu com a seletividade de crédito e retração da atividade econômica. A Copa do Mundo estimula o consumo de outros produtos, como televisores, o que exigirá mais empenho e ações para atrair os consumidores de veículos de duas rodas”, diz Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

O volume de exportações de motocicletas também se manteve estável no ano passado, com 105.819 unidades, representando um aumento de apenas 0,6% em comparação a 2012. Para 2014, a expectativa da Abraciclo é que exportações cheguem a 110.000 unidades.

Em dezembro, a produção recuperou o ritmo de crescimento no comparativo com o mesmo mês do ano anterior. Foram fabricadas 81.083 motocicletas, ante 66.226 unidades em 2012, correspondendo a uma evolução de 22,4%. Em novembro de 2013, no entanto, a produção havia chegado a 155.581, porém sem férias coletivas nas fábricas, como ocorreu em parte do mês passado.

As vendas no atacado, em dezembro, atingiram 108.463 motocicletas, aumento de 5% em relação ao mesmo período de 2012, quando foram comercializadas 103.312 unidades das fábricas para as concessionárias. Todavia, em novembro, as vendas no atacado tinham atingido o volume de 130.511 unidades.
As exportações somaram 7.817 motocicletas em dezembro, ante 10.685 unidades do mês anterior e de 9.684 unidades registradas no mesmo período de 2012.

Ainda em dezembro, os licenciamentos de motocicletas totalizaram 140.583 unidades, um crescimento de 15,1% no comparativo com novembro, quando foram comercializadas 122.189 unidades. Já em relação ao mesmo mês de 2012, os emplacamentos evoluíram 1,9%. Naquele mês, foram vendidas 137.996 unidades.