Aliança Mercedes e MV Agusta: capital alemão pode dar folego à italiana

Mercedes-AMG compra 25% da MV Agusta

Aliança Mercedes e MV Agusta: capital alemão pode dar folego à italiana

Aliança Mercedes e MV Agusta: capital alemão pode dar folego à italiana

Quando a Audi anunciou a compra do controle acionário da Ducati em abril de 2012, muita gente apostou que só faltava a Mercedes-Benz avançar sobre uma marca de motocicleta para que todas as grandes marcas alemãs fabricantes de automóvel tivessem sob seu controle uma operação de motocicletas. E quem fez a aposta acertou, porque a Mercedes-AMG acaba de anunciar um acordo de cooperação com a compra de 25% das ações da italiana MV Agusta.

As marcas de Affalterbach (Alemanha) e  Varese (Itália) divulgaram nota à Imprensa no dia 31 de outubro onde afirmam que “passam a cooperar” a princípio na área esportiva – a AMG é o braço esportivo da Daimler AG. Mas o acordo de longo prazo com a compra de 25% do controle da italiana, sinaliza uma vontade grande da marca da estrela de três pontas de entrar na brincadeira onde já disputam espaço nos segmentos premium de motocicletas as co-irmãs Audi, com a Ducati, e BMW com sua própria e tradicional operação.

O acordo de cooperação inclui ainda as áreas de marketing e vendas, mas nenhum detalhe a mais foi divulgado sobre valores envolvidos ou sobre novos investimentos na MV Agusta. A Mercedes-AMG terá participação ativa no conselho de administração da MV Agusta, o que sinaliza alguma mudança futura na forma de administração italiana. Sujeita à aprovação pela autoridades alemãs e italianas até o final de novembro, esta nova parceria mostra que o segmento premium de motocicletas é muito atraente, mesmo em tempos de vendas difíceis.



Sidney Levy

Motociclista e jornalista, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. É editor de conteúdo do Motonline desde 2009.