Misano pode ser um marco para os italianos

Misano pode ser um marco para os italianos

Misano pode ser um marco para os italianos

A corrida deste fim-de-semana em Misano pode ser palco de novos recordes por parte dos pilotos italianos.

A mais bem sucedida nação na história do Campeonato do Mundo, a Itália tem a possibilidade de estabelecer uma série de marcos no circuito de Misano no domingo. Quatro italianos vão fazer curta viagem até à pista de São Marino para representarem o seu país e todos têm a oportunidade de colocar o seu nome no livro de recordes.

O recorde que vai estar na mente de todos é o que pode ser batido por Valentino Rossi, que pode igualar a Lenda do MotoGP Giacomo Agostini com 68 vitórias na categoria rainha caso triunfe perante os seus fãs. O piloto da Fiat Yamaha aproximou-se do feito com as duas últimas vitórias consecutivas em Laguna Seca e Brno.

Uma vitória de Rossi, ou de Loris Capirossi, Andrea Dovizioso, Marco Melandri ou de qualquer um dos vários pilotos das 125cc e 250cc será também um grande feito para Itália. O país soma já 699 vitórias em Grandes Prémios em todas as classes do Campeonato do Mundo e o número mágico de 700 triunfos pode ser alcançado este domingo.

Capirossi só tem de alinhar na grelha para reclamar o recorde de presenças em Grandes Prémios depois de ter igualado os 276 de Alex Barros aquando da última visita a Brno. O piloto da Rizla Suzuki terminou no pódio na República Checa e pode chegar ao 100º pódio com a 277ª corrida da carreira.