Montadoras iniciam ano com vendas fracas

Depois de comemorar um dezembro de boas vendas, a ind£stria automobil¡stica come‡ou o ano amargando uma retra‡Æo do mercado no Brasi; o n£mero de ve¡culos licenciados at‚ s bado, dia 17, representa queda de 12% em rela‡Æo a igual per¡odo do ano passado.

Janeiro nunca foi um bom mˆs para a ind£stria automobil¡stica, independente do cen rio da economia. Mas o que preocupa o mercado ‚ que o come‡o deste janeiro foi pior do que o de 2002, quando o setor j  reclamava de vendas fracas e volumes menores do que janeiro de 2001. No acumulado deste ano, o n£mero de ve¡culos novos que passaram pelos ¢rgÆos de trƒnsito para licenciamento somou 55.400 unidades. No mesmo per¡odo de janeiro de 2002, foram 63 mil unidades.

A briga entre Fiat e General Motors pela lideran‡a de mercado, que se mostrou mais n¡tida ao longo de todo dezembro, acabou levando os consumidores a antecipar compras, na avalia‡Æo de concession rios e representantes das montadoras. Isso aconteceu principalmente com os frotistas que, assediados pelas duas marcas, com ofertas de descontos especiais, acabaram fechando em dezembro encomendas que programavam para o in¡cio deste ano.

A disputa acabou, tamb‚m, levando a uma inversÆo de posi‡äes entre as marcas. Depois de um mˆs em que Fiat e General Motores gastaram o f“lego para disputar o primeiro lugar, a Volkswagen acabou assumindo a lideran‡a nesse in¡cio de ano. No acumulado das duas primeiras semanas de 2004, a Volkswagen, que terminou o ano em terceiro lugar, foi a marca que mais vendeu com 27,5% dos licenciamentos de ve¡culos em todo o pa¡s. A General Motors manteve o segundo lugar, com fatia de 21,2%. Mas a Fiat caiu para terceiro, com 19% das vendas desse in¡cio de ano.
Em um ano de intensa disputa pela lideran‡a, a Fiat ficou em primeiro lugar em 2003, com 25,3% do total de carros emplacados no Pa¡s. As vendas da marca deram … montadora italiana vantagem de 7.563 ve¡culos … frente da GM, a segunda colocada.

O mˆs passado representou o melhor dezembro da hist¢ria da venda de ve¡culos no Brasil e o segundo melhor mˆs do setor, com a venda de 168.873 ve¡culos. Esse volume foi 29,6% maior do que dezembro de 2002. Um apelo de vendas que funcionou bastante em dezembro foi o aviso geral, no mercado, de que os pre‡os subiriam em janeiro. E, de fato, as maiores marcas j  elevaram os valores das tabelas em m‚dias que variam de 3% a 5%, embora, na pr tica, esses aumentos ainda nÆo tenham sido repassados ao consumidor.

NÆo elevar os pre‡os em dezembro foi um compromisso assumido pelos dirigentes da ind£stria automobil¡stica com o governo em troca da prorroga‡Æo do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) reduzido. Em vigor desde agosto, a al¡quota de IPI para carros com motor at‚ 2.000 cilindradas baixou trˆs pontos percentuais. Diante de argumentos das montadoras de que as vendas estavam melhorando, no fim de novembro, o governo aceitou estender a validade do benef¡cio at‚ fevereiro.