Moto1000GP_Destq_21_06

Moto 1000 GP: Alex Barros sofre acidente espetacular

O primeiro dia de treinos (21) do Moto 1000 GP no autódromo de Interlagos foi marcado por um acidente espetacular protagonizado por Alexandre Barros no primeiro dos dois treinos livres da categoria principal do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, em sua terceira etapa. O brasileiro, que soma sete vitórias no Mundial MotoGP, chefia no evento a equipe Alex Barros Racing, que tem entre outros pilotos os campeões do ano passado nas categorias GP Light e GP 1000, Lucas Barros e o argentino Luciano Ribodino, respectivamente.

Sequência de imagens da queda de Alex Barros em Interlagos

Sequência de imagens da queda de Alex Barros em Interlagos

Barros participa regularmente dos treinos de sexta-feira e sábado ‘guiando’ os dois pilotos. Normalmente, ele vai à frente mostrando o percurso na função de coach. Por essa razão, guia muito olhando para trás, para acompanhar o traçado dos ‘alunos’. Numa dessas olhadas, descuidou-se e caiu. Ele pilotava na parte mista do circuito, saindo da curva do S para a curva do Pinheiro. Sua moto BMW 1000 escorregou e Barros foi catapultado sobre a mesma. O saldo da queda foi um pescoço esfolado, dor no ombro e no peito. Mas sem maiores consequências.

“Eu estava, como se diz, com um rabo de olho atrás, nos pilotos. A moto ‘chicoteou’, me jogando por cima dela. Mas eu não soltei o guidão. Ela passou por cima de mim, passou sobre meu peito. Mas graças a Deus não teve nada de sério, fora o raspado no pescoço e uma leve dor no peito”, disse ele, que retoma os testes de pista neste sábado (22).

Os treinos livres continuam neste sábado e começam com a categoria GP 250, às 10h50, seguida da GP 600, às 11h50. A GP 1000 terá largada às 13h40, e a GP Light/GP Máster fecha a etapa com início às 14h35.

Fotos de Vanderley Soares

DANILO LEWIS FECHA TREINOS NA FRENTE
Piloto da PRT / RC3 Brasil iniciou os trabalhos em Interlagos com o melhor tempo entre as duas sessões livres do dia na categoria GP 1000

Foram iniciadas nesta sexta-feira (21) as atividades da 3ª Etapa do Moto 1000 GP, Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, que acontece neste domingo (23), no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. As cinco categorias – GPR 250, GP 600, GP Light, GP Máster e GP 1000 – foram à pista para os treinos livres, visando acertar as motos para a tomada de tempos que acontece na tarde deste sábado (22).

Danilo Lewis liderou os treinos na categoria GP 1000 nos treinos livres da sexta-feira

Danilo Lewis liderou os treinos na categoria GP 1000 nos treinos livres da sexta-feira

Na GP 1000, categoria principal do evento, Danilo Lewis cravou a melhor marca do dia, com o tempo de 1min40s079, seguido pelo argentino e atual campeão da categoria, Luciano Ribodino (Alex Barros Racing), que cronometrou a sua melhor volta em 1min40s448. Diego Pierluigi (JC Racing Team), argentino que volta ao Moto 1000 GP para a etapa paulista, fechou seu melhor tempo com 1min40s727. Neste sábado, as motos da GP 1000 voltarão à pista, com dois treinos livres na parte da manhã, e o treino que definirá o grid, a partir das 15h20.

Na GP Light o líder do campeonato Renato Andreghetto liderou o treino com 1min42s055, estreando sua nova moto BMW pela equipe Petronas Eurobike Team, equipe que passa a defender. André Paiato (Alex Barros Racing) foi o segundo e Davi Costa (JC Racing Team) ficou com a terceira posição. Na GP Máster, que divide o grid com a Light, o melhor tempo foi de Sidnei Scigliano, da Motrix Scigliano Racing, com 1min47s301, ficando a frente de Alberto Braga (Center Moto Racing Team) e Egon Kothy (GP Rio).

Quem também andou forte durante as sessões livres foi André Veríssimo, na GP 600. O piloto da Motrix Scigliano Racing levou sua Kawasaki ao primeiro posto nos dois primeiros treinos. Ele foi seguido, no compilado dos tempos, por Ademilson Peixer (Moto 3 Racing Team) e Rafael Bertagnolli (BSB Motor Racing). Para o classificatório, os pilotos da GP 600 estarão na pista a partir das 14h55 deste sábado.

Na GPR 250 foi de Igor Calura, da Motortech o melhor tempo com 2min05s265. Meikon Kawakami (Alex Barros Racing) e Sabrina Paiuta (Mobil Rush Racing) ficaram na segunda e terceira colocação.

Confira a programação da Moto 1000 GP deste fim de semana:  clique aqui

Foto de Sérgio Sanderson