Renato Andreguetto, campeão Paulista e líder no Brasileiro de Motovelocidade

Moto 1000 GP: Andreghetto leva o título paulista da GP Light

Renato Andreguetto, campeão Paulista e líder no Brasileiro de Motovelocidade

Renato Andreguetto, campeão Paulista e líder no Brasileiro de Motovelocidade

A vitória de Renato Andreguetto na quinta etapa do Moto 1000 GP, realizada neste domingo no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, deu ao piloto o título do Campeonato Paulista de Motovelocidade na categoria GP Light. Ele chegou à frente de André Paiato, da Alex Barros Racing, e de Davi Costa, da JC Racing Team, justamente os pilotos que ficaram no segundo e terceiro lugares na disputa estadual, respectivamente.

Na classificação do Campeonato Brasileiro, Andreguetto abriu ainda mais vantagem na liderança, e aparece agora com 129 pontos, contra 102 pontos de André Paiato e 56 pontos de Davi Costa.

Resultado final da GP Light:
1º)  Renato Andreghetto (SP/Petronas SBK Eurobike Team), BMW, 1min41s684
2º)  André Paiato (SP/Alex Barros Racing), BMW, a 5s434
3º)  Davi Lara Costa (SP/JC Racing Team), Kawasaki, a 8s857
4º)  Fábio Adas (SP/By Tripa Team), BMW, a 14s854
5º)  Paulinho Kamba (PE/HPN Racing Team), Kawasaki, a 24s659

Classificação do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade – categoria GP Light:
1°)  Renato Andreghetto, 129 pontos;
2°)  André Paiato, 102 pontos;
3°)  Davi Costa, 56 pontos;
4°)  Henrique Castro, 49 pontos;
5°)  Marcelo Cortes, 38 pontos.

IRMÃOS BRAGA DOMINAM PÓDIO DA GP MÁSTER
Victor e Alberto Braga, seguidos de Othon Russo foram ao pódio na etapa paulista do Moto 1000 GP

Victor e Alberto Braga foram os dois primeiros na categoria GP Máster em Interlagos na quinta etapa do Moto 1000 GP

Victor e Alberto Braga foram os dois primeiros na categoria GP Máster em Interlagos na quinta etapa do Moto 1000 GP

Parte integrante do grid da GP Light, a categoria GP Máster também conheceu o campeão paulista entre os pilotos mais experientes. O troféu ficou com Victor Braga, da SBK Rio, que completou as 12 voltas em 21mins31s041. Ele foi seguido no pódio por seu irmão, Alberto Braga, que defende as cores da Center Moto Racing Team e por Othon Russo, da Crazy Dog. A ordem do pódio também foi a ordem final do Campeonato Paulista, evento paralelo ao Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, onde Victor alcançou um total de 53 pontos, apenas um ponto a mais do que Alberto e três pontos à frente de Russo.

Pelo certame nacional, Victor Braga também é o líder, com 93 pontos. Em segundo, aparece Sidnei Scigliano, 91 pontos, que nesta etapa em São Paulo, apresentou problemas e não completou a prova. Na terceira colocação está Alberto Braga, com 78 pontos.

Resultado final – Categoria GP Máster:
1º) Victor Braga (RJ/SBK Rio), Kawasaki, 12 voltas em 21mins31s041
2º) Alberto Braga (RJ/Center Moto Racing Team), Kawasaki, a 16.972
3º) Othon Russo, (RJ/Crazy Dog), Honda, a 18s505
4º) Egon Kothy, (RJ/GP Rio), BMW, a 44.105
5º) Levy Mendes Lopes (RJ/GPRIO), BMW, a 1 volta

Classificação do Brasileiro após cinco etapas:
1°) Victor braga, 93 pontos;
2°) Sidnei Scigliano, 91 pontos;
3°) Alberto Braga, 78 pontos;
4°) Othon Russo, 77 pontos;
5°) Egon Kothy, 58 pontos.

ARGENTINO DOMINA NA GP 600
Vitória na corrida deste domingo (22) deu o título de campeão Paulista para Sergio Fasci

Sergio Fasci liderou de ponta a ponta a corrida na GP 600

Sergio Fasci liderou de ponta a ponta a corrida na GP 600

Largando da pole position, o piloto Sérgio Fasci da MGBike Yamaha Racing completou as 12 voltas da categoria GP 600 com um tempo total de 24mins14s416. André Veríssimo, da Motrix Scigliano Racing, chegou em segundo na pista, mas foi desclassificado na vistoria por irregularidade técnica. Dudu Costa, que defende as cores da Mobil Rush Team herdou o segundo lugar, e Marcos Trotta, Motom, o terceiro. A vitória de Fasci também deu a ele o título de campeão paulista, evento que corre em paralelo ao Brasileiro. Dudu Costa largou na nona colocação e fez uma corrida de recuperação até um lugar no pódio.

Resultado final – categoria GP 600:
1º) Sérgio Fasci (ARG/MG Bikes Yamaha Racing), Yamaha, 12 voltas em 24mins14s416
2º) Eduardo Costa Neto (SP/Mobil Rush Racing), Kawasaki,a 6s706
3º) Marcus Vinicius Trotta (SP/Motom), Yamaha, a 8s481
4º) Nicolas Tortone (ARG/MG Bikes Yamaha Racing), Yamaha, a 11s474
5º) Gustava Ceccarelli (SP/HPN Racing Team), Kawasaki, a 37s509

Classificação do Brasileiro – categoria GP 600, após cinco etapas:
1°) Rafael Bertagnolli, 82 pontos;
2°) Ademilson peixer, 72 pontos;
3°) Sergio Fasci, 69 pontos;
4°) Eduardo Costa Neto, 64 pontos;
5°) Sérgio Laurentys, 49 pontos.

MEIKON KAWAKAMI FATURA A GPR 250 E CONQUISTA TÍTULO PAULISTA
Joelsu da Silva foi destaque da corrida, subindo ao pódio depois de largar em penúltimo lugar

Meikon Kawakami herdou a vitória na GPR 250 e levou o título Paulista

Meikon Kawakami herdou a vitória na GPR 250 e levou o título Paulista

A quinta etapa do Campeonato Brasileiro e a final do Campeonato Paulista realizada neste domingo (22), no Autódromo de Interlagos (SP), foi marcada pela intensa disputa da primeira colocação na GPR 250, categoria dos estreantes no Moto 1000 GP. Igor Calura, da Mototech, e Pedro Sampaio, da Fábio Loko, se revezaram na liderança até a sexta volta, quando a chuva apareceu. Sampaio sofreu uma queda e abandonou. Calura venceu, mas foi desclassificado por irregularidade técnica. Meikon Kawakami, da Alex Barros Racing, herdou a vitória. Joelsu da Silva, piloto da equipe Suel Racing, ficou em segundo, enquanto Cleber Parrado (SP/Procomps Racing Team) subiu para terceiro.

Com essa combinação de resultados, Meikon Kawakami ficou como campeão paulista com 54 pontos. Pedro Sampaio, com 34, foi vice-campeão e Ton Kawakami, Alex Barros Racing, ficou em terceiro com 29. Meikon também lidera no Campeonato Brasileiro com 85 pontos, deixando Calura em segundo com 72. Sabrina Paiuta, da equipe Mobil Rush Racing, que não competiu por precaução depois do acidente que sofreu no treino classificatório do sábado, continuou com 70 pontos e caiu para terceiro na tabela.

Resultado final da corrida da GPR 250:
1°) Meikon Kawakami (SP/Alex Barros Racing), Honda, a 0s178
2°) Joelsu da Silva (PR/Suel Racing), Honda, a 0s308
3°) Cleber Parrado (SP/Procomps Racing Team), Kawasaki, a 0s378
4°) Ton Kawakami (SP/Alex Barros Racing), Honda, a 18s313
5°) Claudinei Silva (SP/Sarachú Racing Team), Kawasaki, a 24s528

Classificação do Brasileiro após cinco das oito etapas:
1°) Meikon Kawakami, 85 pontos;
2°) Igor Calura, 72;
3°) Sabrina Paiuta, 70 pontos;
4°) Pedro Sampaio, 56 pontos;
5°) Ton Kawakami, 49 pontos.