Meikon Kawakami, Sabrina Paiuta e Igor Calura no pódio em Curitiba

Moto 1000 GP: GPR 250 tem disputa acirrada pela liderança

Igor Calura, piloto da Motortech, é o atual líder do Moto 1000 GP na classificação da categoria GPR 250, com 45 pontos após duas etapas válidas pelo Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Na segunda colocação vem Meikon Kawakami, da Alex Barros Racing, que soma 28 pontos, seguido de Sabrina Paiuta, que levou a equipe da Mobil Rush Team ao primeiro lugar na segunda etapa, no Autódromo Internacional de Curitiba, com 25. Foi em Curitiba que a categoria de iniciação para novos pilotos teve sua disputa mais acirrada, com Sabrina conquistando a vitória nos metros finais, apenas quatro milésimos de segundo à frente de Kawakami.

Meikon Kawakami, Sabrina Paiuta e Igor Calura no pódio em Curitiba

Meikon Kawakami, Sabrina Paiuta e Igor Calura no pódio em Curitiba

Apesar da vantagem na tabela geral de classificação, o piloto da cidade de Sertãozinho não se sente confortável, e pretende repetir a vitória que conquistou na primeira etapa do Moto 1000 GP em Interlagos – foi terceiro colocado na capital paranaense. “Tivemos problemas de acerto da moto no Paraná. A pista irregular, a baixa aderência dos pneus e a longa reta de Curitiba nos prejudicaram de certa maneira”, explicou Roberto Calura, chefe da equipe de Igor. “Teve também o fato de que a Sabrina e o Meikon são extremamente competitivos e rápidos, é claro. O nível técnico entre os que disputam a ponta na GPR 250 está alto e isso vai exigir cada vez mais de todos. Por isso penso que será um campeonato muito equilibrado e a vantagem, neste momento, não significa muito, apesar de ser importante”, ele lembra.

De volta a Interlagos, onde Igor abriu a temporada virando os melhores tempos nos treinos livres, além de ter marcado a pole-position e conquistado a vitória na corrida, a equipe espera crescimento. “Nosso preparador (de motores) está de volta para a etapa de São Paulo, ele não pode estar presente em Curitiba, além do fato que as melhorias na moto do Igor estão sendo feitas. Então, acho que vai ser uma bela prova, onde poderemos tirar o máximo de nossa moto. O Igor está bastante motivado. Teremos algumas surpresas muito boas e tenho certeza que estaremos no pódio”, finaliza o chefe de equipe.

A terceira etapa do Moto 1000 GP será realizada no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo, no dia 23 de junho.

Confira a classificação da GPR 250 após duas das oito etapas:

1º) Igor Calura (SP/Mototech), Honda, 45
2º) Meikon Kawakami (SP/Alex Barros Racing), Honda, 28
3º) Sabrina Paiuta (SP/Mobil Rush Team), Kawasaki, 25
4º) Pedro Sampaio (RS/Fábio Loko), Honda, 24
5º) Herbert Pereira (RS/Fábio Loko), Kawasaki, 22
6º) Luiz Gustavo Pavoni (SP/Irmãos Pavoni Lima), Kawasaki, 20
7º) Eliton Kawakami (SP/Alex Barros Racing), Honda, 17
8º) Júlio Castroviejo (SP/Sarachú Racing Team), Kawasaki, 15
9º) Fabiano Vaz (RS/RPM Competições), Honda, 13
10º) Maycon Benassi (PR/Team Fuel Racing-Mormaii), Kawasaki, 11