Luciano Ribodino chegou ao fim de todas as etapas e lidera a classificação da GP 1000

Moto 1000 GP: notícias sobre as provas deste domingo

Moto 1000 GP terá decisão de título acirrada na categoria GP 1000 em Curitiba

A decisão do título da categoria GP 1000 confrontará diretamente quatro dos 29 pilotos que vão formar o grid do Moto 1000 GP no GP Petrobras, neste domingo (16) no Autódromo Internacional de Curitiba. A Superfinal consistirá em duas etapas, válidas pelas sétima e oitava etapas, que terão 53 pontos em jogo. Luciano Ribodino, Pierre Chofard e Alan Douglas estão nas três primeiras posições da tabela, separados por 19 pontos.

Luciano Ribodino chegou ao fim de todas as etapas e lidera a classificação da GP 1000

Luciano Ribodino chegou ao fim de todas as etapas e lidera a classificação da GP 1000

Ribodino, argentino que pilota a BMW da Alex Barros Racing, lidera com 106 pontos. O paulista Chofard, inscrito com a Kawasaki da Pitico Race, está em segundo, com 91. Seu companheiro de equipe Douglas, também paulista, aparece em terceiro, com 87. Considerado o descarte obrigatório do resultado de uma etapa por piloto, a diferença torna-se ainda menor. Ribodino passa a somar 95 pontos, contra 90 de Chofard e 87 de Douglas.

Argentino de 18 anos e destaque do esporte de seu país, Ribodino foi o único dos três “finalistas” da GP 1000 a ter marcado pontos em todas as etapas de 2012. Sua primeira vitória aconteceu em Brasília, na quarta etapa. Obteve dois segundos lugares, em Curitiba e Cascavel, um terceiro, na abertura da rodada dupla de Cascavel, foi quarto em Interlagos e quinto em Santa Cruz do Sul. Os 11 pontos deste resultado são, por enquanto, seu descarte.

O líder da temporada sabe que não depende apenas de seus resultados para ser campeão pela segunda vez no ano – no último fim de semana, com mais um pódio em Córdoba, conquistou o título argentino da Supersport 600cc. “Vai ser uma briga muito forte na pista, vou apostar no potencial da moto BMW para lutar por vitórias. Todos estão muito focados na decisão, não dá apontar um favorito. Será um domingo digno de final de campeonato”, pondera.

* * * * *

Chuva marca presença nos treinos livres

A chuva complicou o trabalho dos pilotos nos primeiros treinos livres do Moto 1000 GP, na Super Final que acontece neste final de semana no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR).

Alexandre Barros e Luciano Ribodino foram os mais rápidos na GP 1000

Alexandre Barros e Luciano Ribodino foram os mais rápidos na GP 1000

Na GP 600, André Veríssimo fez o tempo de 1min29s063 e garantiu a condição de mais rápido do primeiro dia de treinos em sua categoria para o Grande Prêmio Petrobras. O argentino Adrian Silveira veio em seguida com a marca de 1min30s584. Bernardo Kochen garantiu a terceira colocação ao terminar os treinos com o tempo de 1min30s973. Antônio Carlos Franzen (1min33s302) e Ademilson Peixer (1min34s036) fecharam a relação dos cinco primeiros.

Lucas Barros garantiu o melhor tempo no primeiro treino livre da categoria Light na tarde desta sexta-feira (14) com a marca de 1min25s692. Na segunda colocação ficou Gustavo Herrera, com 1min26s076 seguido de Joniran Saling (1min26s148), Nickolas Iatauro (1min26s369) e André Paiato (1min27s036).

Alexandre Barros foi para a pista e fechou com o melhor tempo na GP 1000, com 1min31s710, quando a pista ainda estava parcialmente seca. Em seguida, ficou o líder da categoria com 106 pontos, Luciano Ribodino apareceu na segunda colocação, com o tempo de 1min38s879. Marcos Sales (1min40s731), o cascavelense Maycon Zandavalli (1min:40s862) e Victor Moura (1min42s546) completam a lista dos mais velozes do dia no circuito paranaense.

Na categoria Máster, Elson Tenebra garantiu o primeiro posto, com 1min53s061. Ele foi seguido por Nelson Gonçalves, que fez 2min08s553. Carlos Rothier (2min09s924), Levy Mendes (2min15s696) fecharam a classificação.

Os treinos foram interrompidos antes do final, devido a óleo na pista, causado pela quebra do motor da moto de Everton Felizardo, na categoria Light. O óleo e a pista molhada ocasionaram algumas quedas.

* * * * *

As corridas do domingo vão apontar todos os campeões de 2012

Na GP 1000, o líder é o argentino Luciano Ribodino, da Alex Barros Racing, com 106 pontos. Os paulistas da Pitico Race, Pierre Chofard e Alan Douglas, vêm logo a seguir, com 91 e 87 pontos. Murilo Colatreli, quarto colocado com 64, mantém chances matemáticas de título. Ribodino pilota uma BMW S1000RR. Todos os demais candidatos ao título competem com Kawasaki ZX10R.

Pela GP Light, a disputa pelo título envolve dois pilotos. Lucas Barros, de 16 anos, venceu duas etapas com a BMW da Alex Barros Racing e soma 130 pontos, contra 92 de Nick Iatauro, vencedor de uma etapa com a Kawasaki da Pitico Race. O vice-campeonato é a meta do paulista André Paiato, do pernambucano Paulinho Kamba, do paranaense Gustavo Herrera e do baiano Daniel Mendonça, que ocupam da quarta à sétima posição.

A GP 600 tem dois estreantes da motovelocidade disputando o título. O gaúcho Rafael Bertagnolli, piloto da Honda da Bertagnolli Racing, lidera com 112 pontos, contra 94 do vice paulista André Veríssimo, que pilota a Kawasaki da Motrix-Scigliano Racing. Cada um soma duas vitórias na temporada. A GP Máster, classe da GP 1000 instituída a partir da segunda etapa, tem liderança do carioca Alberto Braga, com a Suzuki da Center Moto Racing Team.

A categoria GP Light tem 39 motos confirmadas no grid. Pela GP 600, serão 28. O grid conjunto da GP 1000 e da GP Máster será composto por 29 pilotos. O evento final de 2012 consistirá em rodada dupla, com corridas válidas pelas sétima e oitava etapas.

* * * * *

Programação das corridas no domingo (16)
– 8h40 – warm up da GP GP 1000/GP Máster (10 minutos)
– 9h00 – warm up da GP Light (10 minutos)
– 9h20 – warm up da GP 600 Máster (10 minutos)
– 10h20 – largada para sétima etapa da GP 1000/GP Máster (14 voltas)
– 11h10 – largada para sétima etapa da GP Light (12 voltas)
– 12h00 – largada para sétima etapa da GP 600 (12 voltas)
– 13h35 – largada para oitava etapa da GP Light (12 voltas)
– 14h35 – largada para oitava etapa da GP 1000/GP Máster (14 voltas)
– 15h30 – largada para oitava etapa da GP 600 (12 voltas)

A etapa decisiva terá transmissão do canal Bandsports, a partir das 13h30. Todas as corridas do fim de semana, bem como os treinos classificatórios de sábado (15), serão mostrados ao vivo no site moto1000gp.com.br.