Gilson Scudeler, diretor da Moto 1000 GP anunciou a criação de uma nova categoria experimental de 250cc

Moto 1000 GP terá corrida experimental da GPR 250 em Brasília

A quarta etapa do Moto 1000 GP, que vai marcar no dia 21 de outubro o encerramento da primeira metade da temporada 2012, terá uma atração a mais no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília. A programação prevê a realização de uma corrida extracampeonato da categoria GPR 250. A iniciativa terá caráter experimental, visando a implantação definitiva da série para motos de 250 cilindradas no campeonato de 2013.

Gilson Scudeler, diretor da Moto 1000 GP anunciou a criação de uma nova categoria experimental de 250cc

Gilson Scudeler, diretor da Moto 1000 GP anunciou a criação de uma nova categoria experimental de 250cc

A confirmação da corrida deu-se em resposta às solicitações feitas por pilotos e chefes de equipe das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. “Nós já tínhamos o planejamento de incluir a categoria no Moto 1000 GP no ano que vem, mas o volume de pedidos para uma corrida neste ano foi muito grande”, explica o diretor do campeonato, Gilson Scudeler. “A reivindicação das equipes leva a crer que teremos pelo menos 20 pilotos no grid”, antecipa.

A inclusão da categoria GPR 250 na programação da etapa brasiliense foi providência similar à que resultou, ainda no início do ano, na implantação da GP 600, presente no calendário desde a primeira etapa. “A diferença é que a GP 600 foi efetivada no campeonato para todo o ano. A GPR 250, em princípio, vai acontecer em caráter experimental, apenas nessa etapa de Brasília, e vai servir como laboratório para o campeonato de 2013”, enfatiza Scudeler.

O Moto 1000 GP, na temporada 2012, tem suas disputas subdivididas nas categorias GP 600, GP Light e GP 1000. Na segunda etapa, os pilotos com 48 anos ou mais passaram a integrar a subdivisão GP Máster, que compõe o grid da GP 1000. Os inscritos nesta subdivisão têm seus resultados aplicados numa classificação específica, para efeito de campeonato. Os que terminam as etapas entre os 15 primeiros colocados também pontuam pela GP 1000.