Honda Titan transformada em trike para transporte de passageiros; pode ser alternativa para o serviço de moto-taxi

Moto é sinal de mobilidade de pessoas e mercadorias

As ruas são insuficientes para tantos veículos

As ruas são insuficientes para tantos veículos

A mobilidade urbana é um tema frequentemente discutido em fóruns e seminários promovidos por instituições responsáveis pelo trânsito nas grandes cidades, onde busca-se formas de otimizar a convivência dos milhões de veículos, de quatro ou duas rodas, ciclistas e pedestres. Discute-se soluções para acomodar em nossas estradas, ruas e avenidas, uma frota cada vez crescente que transformou a circulação motorizada uma tarefa extremamente estressante.

Moto com bauleto, característica dos motofretistas - grandes empresas adotam a moto como ferramenta de trabalho

Moto com bauleto, característica dos motofretistas - grandes empresas adotam a moto como ferramenta de trabalho

Essa realidade está fazendo com que o cidadão comum busque alternativas de locomoção e o meio de transporte que ganha disparado na opção daqueles que querem mais agilidade é a motocicleta.

Exemplos de sidecar para o transporte de carga

Exemplos de sidecar para o transporte de carga

Com as empresas não tem sido diferente. Estas também estão adotando as motos como meio mais eficiente de transporte de baixo custo para vendas, entrega de produtos ou prestação de serviços. Muitas têm recorrido às motos adaptadas para o uso comercial, tirando proveito da sua característica de trânsito rápido, principalmente nos congestionamentos. As dimensões reduzidas das motos dão-lhes a vantagem de poder transitar nos corredores e isso se traduz em menor tempo de deslocamento.

Correios, exemplo de grande frotista de motos; a opção por esse veículo trouxe agilidade na entrega de correspondências e encomendas

Correios, exemplo de grande frotista de motos; a opção por esse veículo trouxe agilidade na entrega de correspondências e encomendas

Com isso, explodiu o número de agências de motofrete que, de olho nessa necessidade do mercado, ploriferaram de forma exponencial, criando emprego para tantos jovens brasileiros e atendendo às necessidades de logística de comerciantes e prestadores de serviços como farmácias, disque-pizza, entrega de encomendas e até mesmo como moto-taxi nas cidades do interior. Vê-se também empresas, grandes e pequenas, criando frotas de motos próprias, como os Correios, Ambev, Coca Cola e tantas outras.

Transformação das motos em tricíclos para transporte de carga

Transformação das motos em tricíclos para transporte de carga

Por outro lado, essa crescente necessidade de veículos especialmente adaptados ao uso comercial tem fomentado um novo mercado, o que adapta ou transforma as motos com acessórios para que atendam às necessidades específicas das empresas que as adotaram como ferramenta de trabalho. Hoje o mercado de transformações oferece desde motos com aparatos simples para o transporte de mercadorias (bauletos) como também faz modificações mais profundas, como a adaptação de side-car ou as transforma em tricíclos.

Honda Titan transformada em trike para transporte de passageiros; alternativa para moto-taxi?

Honda Titan transformada em trike para transporte de passageiros; alternativa para moto-taxi?

O uso da moto e suas variantes como recurso de logística é realidade em países desenvolvidos há décadas, entretanto, no Brasil somente agora é que começamos a vê-las com mais frequência em nossas ruas (exceto as de moto-frete que já estão aí há bastante tempo).

Tricíclo de carga para uso off-road em sítios e fazendas

Tricíclo de carga para uso off-road em sítios e fazendas

A indústria de transformação de motos no Brasil ainda está engatinhando, portanto, esperemos num futuro bem próximo o aparecimento de novos modelos que atendam aos mais variados segmentos do mercado, principalmente com o desenvolvimento de eixos traseiros dotados de sistema com diferencial (permite às rodas girarem independentemente), ainda uma raridade. Os poucos que temos no mercado chegam através de importação.

Empresas adaptadoras oferecem modelos que preservam o conforto do piloto

Empresas adaptadoras oferecem modelos que preservam o conforto do piloto



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.