Experiência em pista molhada foi decisiva para a vitória de Anthony West

Moto2™: Anthony West vence com pista molhada

O que faltou de emoção nas 7 primeiras corridas de Moto2™ nesta temporada, sobrou nesta 8ª etapa. A pista molhada foi o ingrediente que deu um tempero especial ao Grande Prêmio Iveco Daily TT Assen. Tirando proveito disso o especialista em pista molhada, Anthony West (QMMF Racing Team) venceu a corrida de Moto2™, fazendo uso de toda a sua experiência para chegar na frente de Maverick Viñales (Pons HP 40) e de Mika Kallio (Marc VDS Racing Team), que completaram o pódio.

Experiência em pista molhada foi decisiva para a vitória de Anthony West

Experiência em pista molhada foi decisiva para a vitória de Anthony West

O australiano de 32 anos e antigo piloto da categoria rainha venceu a corrida largando da 23ª posição naquele que foi o seu 211º Grande Prêmio da carreira; West cruzou a linha de chegada com 0,3s, de vantagem sobre Viñales e com Kallio a mais 0,4s. Foi a primeira vitória de West desde o Dutch TT de 2003.

A corrida foi atrasada 20 minutos devido à forte chuva que se abateu no traçado na volta de apresentação e na qual o homem da pole e líder da classificação Esteve Rabat (Marc VDS Racing Team) sofreu queda. Rabat conseguiu, ainda assim, partir da pole e acabou terminando a corrida em oitavo.

Johann Zarco (AirAsia Caterham Moto Racing), Alex De Angelis (Tasca Racing Moto2), Thomas Luthi (Interwetten Paddock Moto2) e Julian Simon (Italtrans Racing Team) chegaram em quarto a sétimo lugares, respectivamente. Atrás de Rabat, Lorenzo Baldassarri (Gresini Moto2) e Hafizh Syahrin (Petronas Raceline Malaysia) completaram o Top 10.

Simone Corsi (NGM Forward Racing) terminou num azarado 13º lugar depois de cair a meio da corrida quando seguia na liderança, enquanto Luís Salom (Pons HP 40) foi 15º depois de ir ao chão quando ocupava a terceira colocação, já nos momentos finais da prova. Sam Lowes (Speed Up) chegou a liderar a corrida no início, mas sofreu duas quedas depois de tentar manter-se na frente com Corsi.

Vários pilotos cairam e retornaram à corrida numa pista molhada que, com o passar do tempo, começou a ficar com linhas secas apesar de ainda ter voltado a chover durante as 24 voltas de prova. Alguns arriscaram ao optarem por pneus slicks, o que não deu certo, enquanto Dominique Aegerter (Technomag carXpert) correu com o dianteiro de chuva e o traseiro slick, o que se traduziu apenas num 21º lugar.

Azlan Shah (IDEMITSU Honda Team Asia), Axel Pons (AGR Team) e Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP) sofreram quedas, enquanto Randy Krummenacher (IodaRacing Project) desistiu após também ter ido ao chão.