Esteve "Tito" Rabat da Marc VDS Racing Team no GP da Itália 2014

Moto2™: corrida calculada leva Rabat à vitória

Tito Rabat (Marc VDS Racing Team) usu uma eficiente estratégia para vencer o Grande Prêmio Tim da Itália de Moto2™ com 0,248s de margem sobre Luís Salom (Pons HP 40), enquanto Jonas Folger (AGR Team) cruzou a linha de chegada em terceiro.

Rabat fez a sua melhor volta da corrida na penúltima passagem pela linha de chegada depois de ter galgado posições subindo da terceira

Esteve "Tito" Rabat da Marc VDS Racing Team no GP da Itália 2014

Esteve "Tito" Rabat da Marc VDS Racing Team no GP da Itália 2014

colocação nos dois terços da corrida. O líder do campeonato dilatou a vantagem na frente da classificação para 22 pontos com a terceira vitória de 2014, sublinhando uma vez mais as suas credenciais na corrida para o título. Os estreantes Salom e Folger também fizeram excelente corrida, com cada um deles passando pela liderança antes de Rabat ter assumido o controle.

Muito interessante foi ainda a luta pela quarta posição nos momento finais da corrida, com Simone Corsi (NGM Forward Racing) superando Dominique Aegerter (Technomag carXpert) por apenas 0,007s, com Mika Kallio (Marc VDS Racing Team) terminando logo atrás da dupla.
Johann Zarco (AirAsia Caterham Moto Racing), Sam Lowes (Speed Up), Maverick Viñales (Pons HP 40) e Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team) completaram os dez primeiros.

Josh Herrin (AirAsia Caterham Moto Racing) sofreu queda no início da prova, enquanto Mattia Pasini (NGM Forward Racing) teve a mesma sorte, mas a meio da prova. Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) foi outro dos pilotos que não terminaram devido a incidente que envolveu Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia) – se bem que o nipônico conseguiu manter o controle da moto para terminar em 16º.