Tito Rabat da Tuenti HP 40, vencedor em Sepang

Moto2™: Rabat domina e lidera dobradinha da Tuenti HP 40

Tito Rabat completou o fim de semana no Grande Prêmio Shell Advancede Moto2™ com a vitória na corrida encurtada depois de ter sido o mais lesto em todas as sessões de treinos. Pol Espargaró terminou em segundo, com o líder do Campeonato Scott Redding em sétimo, o que significa que a vantagem de 20 pontos do inglês ficou reduzida a apenas nove.

Tito Rabat da Tuenti HP 40, vencedor em Sepang

Tito Rabat da Tuenti HP 40, vencedor em Sepang

Originalmente com 19 voltas, a distância da corrida foi encurtada para 12 após o atraso provocado pela colisão múltipla na primeira volta. Depois do incidente inicial, Axel Pons (Tuenti HP 40) e Fadli Immammuddin (JIR Moto2) pegaram nas suas motos antes de Ezequiel Iturrioz (Blusens Avintia), Zaqhwan Zaidi (Technomag carXpert) e Decha Kraisart (Singha Eneos Yamaha Tech 3) que também se envolveram no incidente. Felizmente, todos os pilotos escaparam sem lesões graves.

Na segunda partida Espargaró tirou partido ao passar para a liderança apenas para Rabat recuperar logo depois e manter-se em primeiro até ao final da corrida. A terceira vitória da temporada o deixa a 28 pontos da liderança do campeonato, quando faltam disputar 75 pontos nos últimos três Grandes Prêmios restantes da temporada. Depois de superar Lüthi (Interwetten Paddock Moto2 Racing) no início da penúltima volta, Espargaró garantiu o segundo posto e com isso reduziu ainda mais a diferença de pontos para Redding.

Redding (Marc VDS Racing Team) perdeu mais um ponto quanto Johann Zarco (Came Iodaracing Project) aproveitou o vácuo para subir a sexto praticamente em cima da linha de chegada, enquanto os quarto e quinto postos ficaram com os colegas de equipa de Redding, Mika Kallio, e Dominique Aegerter (Technomag carXpert), que na segunda largada provocou um incidente que colocou Alex de Angelis (NGM Mobile Forward Racing) e Xavier Simeon (Maptaq SAG Zelos Team) fora da corrida.

O Campeão do Mundo de Moto3™ Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP) caiu na última curva após luta com Danny Kent (Tech3), que terminou em 12º, enquanto Anthony West (QMMF Racing Team) foi 13º, pontuando no seu 200º Grande Prêmio.