Faltando apenas 5 corridas, Rabat acumula 22 pontos de vantagem para o segundo colocado

Moto2™: Rabat vence e dispara na liderança

Tito Rabat aumentou a vantagem de pontos no Campeonato do Mundo de Moto2™ para 22 pontos, após ganhar a corrida com o colega de equipe Mika Kallio terminando o Grande Prêmio TIM de São Marino e da Riviera de Rimini na segunda posição, com Johann Zarco em terceiro. Kallio, fez uma largada fantástica e após duas voltas já tinha vantagem de 1,5s, mas Rabat não perdeu de vista o colega de equipe da Marc VDS Racing Team.

Faltando apenas 5 corridas, Rabat acumula 22 pontos de vantagem para o segundo colocado

Faltando apenas 5 corridas, Rabat acumula 22 pontos de vantagem para o segundo colocado

Rabat soma agora sete vitórias em 2014, três delas consecutivas, e está confortável na frente da classificação geral quando faltam disputar apenas cinco corridas. Para Kallio foi o nono pódio do ano, o sexto consecutivo, e o que o tem mantido na corrida pelo título com Rabat. Zarco (AirAsia Caterham Moto Racing) fez corrida solitária para terminar em terceiro, a dois segundos de Kallio e com menos de dois de margem sobre o quarto classificado Maverick Viñales (Paginas Amarillas HP 40).  O Top 10 contou ainda com Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2), Dominique Aegerter (Technomag carXpert), Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team), Julian Simon (Italtrans Racing Team), Axel Pons (AGR Team) e Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia).

Zarco (AirAsia Caterham Moto Racing) fez corrida solitária para terminar em terceiro, a dois segundos de Kallio e com menos de dois de margem sobre o quarto classificado Maverick Viñales (Paginas Amarillas HP 40).  O Top 10 contou ainda com Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2), Dominique Aegerter (Technomag carXpert), Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team), Julian Simon (Italtrans Racing Team), Axel Pons (AGR Team) e Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia).

Jonas Folger (AGR Team) foi penalizado com uma passagem pelos boxes depois de não ter devolvido a posição depois de ter deixado de fazer uma curva e passando reto pela área de escape; ele terminou em 19º depois de ter estado em sétimo.

Miroslav Popov (Montaze Broz Racing Team) teve uma saída de pista, mas conseguiu voltar à prova até sofrer segunda queda várias voltas depois. Azlan Shah (Idemitsu Honda Team Asia) também foi ao chão e voltou à pista em 32º. Ricky Cardus (Tech 3) e Riccardo Russo (Tasca Racing Moto2) também sofreram quedas. Nico Terol (Mapfre Aspar Team Moto2) viu-se forçado a desistir com problema técnico na corrida que marcava o seu retorno às provas.