Alex Márquez vencedor do Grande Prêmio Mobil do Japão

Moto3™: a melhor corrida da temporada

Alex Márquez (Estrella Galicia 0,0) mostrou na corrida de Moto3™ do Grande Prêmio Motul do Japão que a persistência pode ser uma boa forma de se chegar à vitória. Com essa estratégia, o piloto espanhol chegou ao degrau mais alto do pódio em Montegi, depois de uma corrida eletrizante, talvez a melhor da temporada 2014.

Efren Vazquez (SaxoPrint-RTG) cruzou a linha de chegada a 0s357 atrás de Márquez, isso depois de largar na 14ª posição do grid. Brad Binder (Ambrogio Racing) obteve o segundo pódio da Moto3™, chegando na terceira colocação.

Alex Márquez vencedor do Grande Prêmio Mobil do Japão

Alex Márquez da Estrella Galícia 0,0 vence o Grande Prêmio Mobil do Japão

Jack Miller (Red Bull KTM Ajo) liderou praticamente a corrida toda, mas na última volta envolveu-se em uma lambança com Danny Kent (Red Bull Ajo Husqvarna) entregando de bandeja a vitória a Márquez e caindo para a 5ª posição, atrás de John McPhee (SaxoPrint-RTG). Com esse resultado, Marquez abriu diferença de 25 pontos na frente da pontuação, faltando apenas três corridas para o final da temporada.

O trio italiano Romano Fenati (SKY Racing Team VR46), Enea Bastianini (Junior Team Go & Fun Moto3) e Niccolo Antonelli (Junior Team GO & FUN), juntamente com Alex Rins (Estrella Galicia 0,0), completaram o top ten.

A corrida terminou cedo para Niklas Ajo (Avant Tecno Husqvarna Ajo), Hikari Okubo (Hot Corrida com I-Factory), Scott Deroue (RW Racing GP) e Sena Yamada (Liberto plusone e Resistência), todos caindo na Curva 1. Matteo Ferrari (San Carlo Team Italia) e Andrea migno (Mahindra Racing) cairam mais tarde na primeira volta, conseguindo voltar à corrida. Alexis Masbou (Ongetta-Rivacold) caiu a 14 voltas para o final e Juanfran Guevara (Mapfre Aspar Team Moto3) levou um tombo enquanto perseguia os líderes.

Jakub Kornfeil (Calvo Team) e Jorge Navarro (Marc VDS Racing Team) se enroscaram lá pelo meio da corrida, ambos cairam mas sem ferimentos sérios. Miguel Oliveira (Mahindra Racing) sofreu uma grande queda quando sua moto chicoteou durante a luta por um lugar no pódio. Luca Grünwald (Kiefer Racing) também caiu mas conseguir retornar, nos momentos finais da corrida.

O brasileiro Eric Granado beneficiou-se das várias quedas à sua frente e chegou na 16ª colocação, a uma posição da zona de pontuação.