Efren Vázquez vence pela primeira vez no seu 116º GP da carreira

Moto3™: Vázquez conquista primeira vitória da carreira

A corrida de Moto3™ no Grande Prêmio Red Bull de Indianápolis terminou com Efrén Vázquez conquistando a primeira vitória da carreira, com Romano Fenati e Jack Miller juntando-se a ele no pódio.

Efren Vázquez vence pela primeira vez no seu 116º GP da carreira

Efren Vázquez vence pela primeira vez no seu 116º GP da carreira

Na primeira corrida disputada na renovada pista de Indianápolis Motor Speedway, a grande luta entre os vários pilotos levou a que um grupo se destacasse na frente logo nas primeira voltas e com a liderança sendo trocada de mãos por ao longo das 23 voltas. No final foi Vázquez (Saxoprint RTG) quem levou a melhor, vencendo aquele que foi o seu 116º GP da carreira. O italiano Fenati (SKY Racing Team VR46) liderou nos momentos finais, mas acabou batido por 0,065s sobre a linha de chegada para terminar em segundo, com Miller (Red Bull KTM Ajo) fechando o pódio.

Alexis Masbou (Ongetta-Rivacold) mostrou grande atuação depois de ter largado em 11º e de ter caído na ordem para 31º lugar na primeira volta; o gaulês lutou de forma incrível para chegar a liderar a corrida, mas acabou terminando em quarto. Os companheiros de equipe espanhóis na Estrella Galicia 0,0 Alex Rins e Alex Márquez terminaram nas quinta e sexta posições, respectivamente, com Rins que chegou a liderar no meio da corrida, depois de ter largado em 12º no grid.

Miguel Oliveira (Mahindra Racing), que largou em 18º, Juanfran Guevara (Mapfre Aspar Team Moto3), Brad Binder (Ambrogio Racing) e Jakub Kornfeil (Calvo Team) completaram o Top 10. Enquanto isso, Eric Granado (Calvo Team) terminou em 22º.

John McPhee (Saxoprint RTG) caiu na Curva 4, na primeira volta, empurrando Niklas Ajo (Avant Tecno Husqvarna Ajo) e Masbou para fora da pista, se bem que o francês conseguiu se recuperar, enquanto Ajo acabou caindo sozinho mais tarde.

Registaram-se ainda as quedas de Gabriel Ramos (Kiefer Racing), Alessandro Tonucci (CIP Mahindra) e Matteo Ferrari (San Carlo Team Italia), nenhum deles sofrendo lesões. Francesco Bagnaia (SKY Racing Team VR46) desistiu devido a problemas técnicos.

Leia mais sobre a MotoGP:  clique aqui