Foto: Ilustração Motonline

Motocicleta representa 65% da carteira de consórcio

Foto: Ilustração Motonline

Foto: Ilustração Motonline

Levantamento da Anef (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras) aponta crescimento de 12,9% no volume de financiamentos CDC (Crédito Direto ao Consumidor) e Leasing para aquisição de veículos em 2009 em relação ao ano anterior. Os planos máximos disponibilizados ao consumidor para financiamento de veículos cresceram de 60 meses, em 2008, para 80 meses em 2009. Já os planos médios passaram de 40 meses em 2008 para 42 meses no ano passado.

“O aumento de 12,9% no saldo do crédito para financiamento de veículos pelas pessoas físicas atingiu a meta pré-estabelecida e esse cenário é resultado da retomada da economia nacional e da confiança do consumidor para aquisição de veículos financiados”, avalia Luiz Montenegro, presidente da Anef.

O segmento de consórcios tem nas motocicletas a grande maioria dos planos ativos, com 2.041,7 milhões de participantes, ou 64,44% do total. Outros 964,8 mil consumidores, 30,45% do total, estão em algum grupo de consórcio para aquisição de um automóvel. O restante – 162,1 mil – participam de um grupo de consórcio para tratores, caminhões ou máquinas agrícolas. Nesta estátística não estão incluidos os grupo de consórcio de imóveis ou bens eletroeletrônicos e da chamada “linha branca”.

Foto: Ilustração Motonline

Foto: Ilustração Motonline

Sobre o segmento específico de motocicletas, o levantamento traz dados interessantes. Quanto à forma de pagamento para motocicletas, os dados da ANEF mostram que houve uma inversão nos últimos 6 anos entre o volume de vendas financiadas e através do consórcio (veja ilustração). Em 2004, 52% das vendas de motocicletas eram feitas através do Consórcio enquanto que o financiamento representava 23%. Em 2009, 48% das vendas são financiadas, 27% são através do consórcio, 2% foram por Leasing e 23% à vista.

Para saber mais sobre o assunto, acesse o site http://www.anef.com.br/.