logo abraciclo tom

Motocicletas ainda registram baixa em produção e vendas

De acordo com dados da ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, o segmento de motocicletas ainda registrou queda em produção e vendas, no fechamento do primeiro mês deste ano. Foram produzidas 127.209 unidades contra 176.981 de janeiro de 2012, correspondendo a uma redução de 28,1%. As vendas no atacado ficaram 27,6% abaixo, na comparação entre os períodos, com 112.039 ante 154.776 unidades.

Quando comparado a dezembro de 2012, que incluiu período de férias coletivas das indústrias do setor, o volume de produção de janeiro cresceu 92%, passando de 66.226 para 127.209 motocicletas. Com relação às vendas no atacado, houve incremento de 8%, subindo de 103.312 para 112.039 unidades.

Os emplacamentos em janeiro deste ano ficaram 11,1% abaixo do volume do mesmo mês de 2012, com 126.423 contra 142.219 unidades. Na comparação com dezembro, quando foram licenciadas 137.996 motocicletas, a queda foi de 8,4%. Com 22 dias úteis no primeiro mês de cada ano, a média diária de 2013 foi menor em 11,1%, com 5.747 unidades ante 6.465 unidades.

“O segmento de motocicletas não apresenta sinais de recuperação neste início de ano, embora ainda conte com linhas de financiamento de bancos públicos, que oferecem condições mais adequadas às necessidades dos consumidores. Para superar esta situação, precisaremos buscar novas alternativas de crédito, capazes de viabilizar o desejo de compra dos consumidores. Além disso, o setor está na expectativa da ampliação da oferta de crédito pelos principais bancos privados, pois as publicações recentes de seus balanços indicam uma estabilização dos índices de inadimplência”, analisa Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

As exportações de janeiro totalizaram 5.687 motocicletas, com uma queda de 15,8% em relação ao mesmo mês do ano passado, com 6.758 motocicletas. Veja no quadro a seguir as vendas de motocicletas no atacado por faixa de cilindrada.