Motocicletas: Dificuldades Não Impedem Crescimento Setorial

Motocicletas: Dificuldades Não Impedem Crescimento Setorial

Motocicletas: Dificuldades Não Impedem Crescimento Setorial

Exporta‡Æo Cai Novamente – Mesmo superando as previsäes feitas pela ABRACICLO no ano passado, o crescimento do setor atravessou reveses e se preocupa com a manuten‡Æo dessa evolu‡Æo. Para a entidade, os n£meros nÆo sÆo nem a principal e nem a £nica meta setorial

A absor‡Æo da cultura da motocicleta como meio de transporte eficiente nos grandes centros urbanos e inclusive nas  reas rurais ‚ cada vez mais evidente. O setor dos ve¡culos de duas rodas j  ocupa o 3§ lugar em faturamento no P¢lo Industrial de Manaus e at‚ o final deste ano de 2006 serÆo produzidas 1 milhÆo e 438 mil motocicletas e mais 1 milhÆo e 273 mil unidades serÆo comercializadas no mercado interno brasileiro, segundo as previsäes da Abraciclo – Associa‡Æo Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares. O cƒmbio desfavor vel continua refletindo nos n£meros do com‚rcio internacional e o volume das exporta‡äes dever  encerrar este ano em 165 mil unidades.

Produ‡Æo – Entre os meses de janeiro a novembro deste ano, 1 milhÆo, 344 mil e 595 motocicletas foram produzidas pelas fabricantes associadas, volume 19,5% superior as 1 milhÆo, 125 mil e 150 unidades que sa¡ram da linha de montagem durante o mesmo per¡odo do ano passado. A produ‡Æo do £ltimo mˆs tamb‚m foi maior em rela‡Æo a outubro de 2006. Em novembro deste ano, 141 mil e 838 motocicletas foram produzidas, crescimento de 6,3% em rela‡Æo as 133 mil e 418 unidades produzidas no mˆs anterior e de 26,3% em compara‡Æo as 112 mil e 343 motocicletas produzidas em novembro de 2005.

“A nossa ind£stria est  produzindo quase com sua capacidade m xima instalada e esse crescimento dever  permanecer pelos pr¢ximos anos de maneira mais equilibrada, sem grandes saltos de produ‡Æo, mas sim com crescimento sustent vel”, analisa Paulo Shuiti Takeuchi, Presidente da Abraciclo.

Para 2007, a Abraciclo mant‚m perspectiva de crescimento da produ‡Æo em 11,3%, chegando … marca de 1 milhÆo e 600 mil motocicletas produzidas.

Vendas Ao Mercado Interno – Entre os meses de janeiro a novembro deste ano, 1 milhÆo, 185 mil e 497 motocicletas foram vendidas no mercado interno, volume 26,1% superior as 940 mil e 400 unidades comercializadas durante o mesmo per¡odo do ano passado. As vendas do £ltimo mˆs tamb‚m foram ligeiramente maiores em rela‡Æo a outubro de 2006. Em novembro deste ano, 124 mil e 343 motocicletas foram vendidas, crescimento de 2,8% em rela‡Æo as 120 mil e 903 unidades comercializadas no mˆs anterior e de 33% em compara‡Æo as 93 mil e 460 motocicletas vendidas em todo territ¢rio brasileiro em novembro de 2005.

Em razÆo do pre‡o, diversidade de modelos populares, linhas de financiamento e cons¢rcio, os ve¡culos de duas rodas estÆo cada vez mais acess¡veis ao consumidor. As motocicletas de 100 a 250 cc de cilindrada foram as mais vendidas em 2006 e as regiäes Sudeste, com mais de 40%, seguida do Nordeste, com pouco mais de 20% e da regiÆo Sul, com aproximadamente 18% lideraram o ranking da distribui‡Æo geogr fica de vendas ao mercado interno. Em SÆo Paulo, por exemplo, o volume de motocicletas comercializado foi superior no interior do estado e representou pouco mais de 17% das vendas na regiÆo sudeste no per¡odo, contra os 7% na capital.

“As vendas continuam demonstrando a alta aceita‡Æo da motocicleta como ve¡culo racional, aliado … facilidade no momento de aquisi‡Æo por parte do consumidor”, completa o Presidente da Abraciclo.

Para 2007, a Abraciclo mant‚m perspectiva de crescimento de 14% para vendas ao mercado interno, chegando … marca de 1 milhÆo e 450 mil motocicletas comercializadas.

Exporta‡äes – Em novembro, 10.319 motocicletas foram vendidas ao exterior, volume 3,5% menor que o de outubro deste ano, quando foram comercializadas 10.698 unidades e 23,5% inferior as exporta‡äes de novembro de 2005.

No acumulado de janeiro a novembro deste ano, 154.937 motocicletas foram vendidas ao mercado externo, enquanto que no mesmo per¡odo do ano passado 172.337 unidades foram exportadas. A queda registrada do per¡odo vigente foi de 10,1%.

De acordo com o Presidente da Abraciclo, as montadoras associadas continuam com os esfor‡os para manter os mercados conquistados, mas entretanto a tendˆncia ‚ de que o volume exportado em 2007 seja 9% inferior ao do ano passado, chegando a 150 mil unidades.