Motocicletas para carga atraem atenção do público profissional no 10º SALÃO DUAS RODAS

Empreendedores e profissionais autônomos de plantão: a motocicleta ganha a versão cargo.

São carrocerias para os mais diversos usos, de entrega de botijões de gás e galões de água mineral até todo o tipo de serviço delivery como pizzarias, material de construção, ração para animais, entregas de pequenos supermercados de bairro, transporte de fruta anunciado com auto-falantes ou até para substituir o clássico carrinho de cachorro-quente. Durante o 10º SALÃO DUAS RODAS, que encerra suas atividades hoje (12/10), o visitante teve a oportunidade de conhecer de perto as novidades no segmento, ainda mais em evidência nessa edição do evento.

Esse tipo de veículo, de acordo com os expositores do produto do Salão, atende à demanda crescente por motocicletas, sobretudo para fim de trabalho e se adapta à complicada logística das grandes cidades, seja por ocupar menos espaço no trânsito ou na hora de estacionar. Outra vantagem é poder trafegar em áreas centrais das cidades, em horário comercial, restritas a veículos de carga de quatro rodas. Muito importante: os modelos que tem capacidade para aproximadamente 280 quilos – já saem da linha de montagem com a extensão basculante têm garantia e assistência técnica, ao passo que uma motocicleta adaptada pelo proprietário para a mesma finalidade tem a garantia do fabricante invalidada.

No Salão, as atenções se voltaram para a multiplicidade de aplicações. A Dayun , apresentou o seu Dayun ZH Cargo, que chegou ao mercado este mês e foi a vedete do estande da empresa que exibiu outros 9 modelos de motocicleta convencional. O Triciclo Traxx JH 200 ZH, foi a novidade que a Traxx reservou para o Salão e que chamou a atenção pela funcionalidade e acabamento das caçambas, com uma espécie de palets para acondicionar botijões de água ou gás. Ao alcance do consumidor de todo o Brasil, no primeiro trimestre de 2010, o Trimoto da Sundown se destacou com dois modelos, dos três que mantém em sua linha. Desde o início de 2009, a Shineray testa a aceitação dos triciclos Shineray XY 150 – ZH, tendo vendido mil unidades para as mais diversas localidades do País. Menos sofisticados no acabamento, esse modelo tem a vantagem sobre os outros de ter transmissão Cardan, aos contrário da categoria, grande parte com transmissão por corrente.