Motociclista é tema de campanha da Autopista Fluminense

A Autopista Fluminense, concessionária que administra a BR-101 do trecho que vai da Ponte Rio – Niterói até a divisa com o estado do Espírito Santo (ES), em parceria com a Dicasa Motos (concessionária Honda), a Polícia Rodoviária Federal, o posto de combustíveis BR Ouro de Manilha e a 3M do Brasil, realiza no próximo dia 18 de junho (sexta-feira), a 3ª edição da campanha Viva Motociclista. A ação que visa conscientizar os motociclistas sobre questões relacionadas à saúde, segurança no trânsito, utilização de equipamentos de segurança e manutenção da motocicleta, entre outras, será realizada das 10h às 17h, no Posto BR Ouro de Manilha, em São Gonçalo. Desde o ano passado foram realizadas duas edições da campanha na Autopista Fluminense, com a participação de mais de 200 condutores.

A ação é aberta a todos os motociclistas. No local, eles receberão folhetos e orientações sobre cuidados no trânsito e dicas de segurança, além de serem encaminhados para uma avaliação de saúde, que será realizada por uma equipe de atendimento pré-hospitalar da concessionária. Enquanto o usuário confere a saúde, sua motocicleta passará por um -check-list- de manutenção, sob os cuidados de um time de mecânicos da Honda, para verificação de itens essenciais à segurança como freios e correias. Além disso, haverá a instalação gratuita de 150 antenas anticerol, que reduzem os riscos de acidentes causados por esse tipo de linha.

Outra ação importante do Viva Motociclista é a fixação de adesivos refletivos de segurança, vermelhos para motos e brancos para capacetes, de acordo com a resolução 203 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), de setembro de 2006, que legisla a respeito do uso do capacete e da utilização de dispositivos refletivos. O coordenador regional do Viva Motociclista e do Centro de Controle Operacional da Autopista Fluminense, Alessandro José Fernandes, afirma que ações desse tipo são focadas na redução dos índices de acidentes envolvendo motociclistas. “Sabemos que a maior parte desses usuários da rodovia já conhece as orientações que passamos na campanha, porém nosso desafio é alertá-los para a importância da aplicação destas orientações no dia-a-dia, para segurança deles e dos demais motoristas”, ressalta.

Pesquisa
A campanha Viva Motociclista também vai coletar dados e informações de quem participar da ação, de modo a subsidiar uma pesquisa sobre os hábitos e o perfil dos condutores. Esse estudo revelará, posteriormente, a média de idade dos motociclistas que frequentam a rodovia, a renda, o tempo de habilitação, o estado de conservação da moto, se o condutor já sofreu acidentes, se houve afastamento, se faz uso de equipamentos de proteção, se faz uso de bebida alcoólica, entre outros.

Números
Do total de 66.222 atendimentos aos usuários realizados pela Autopista Fluminense no ano passado, 2.249 envolveram motociclistas. Só no trecho de 23 quilômetros da Niterói – Manilha, entre o km 298 em Itaboraí, e o km 321 em Niterói, foram 834 ocorrências envolvendo motos – 4% do total de atendimentos. Em 2010, até o mês de maio, a Autopista Fluminense prestou atendimento a 1.082 motociclistas em todo o trecho, sendo 372 condutores na região da Niterói – Manilha.

SERVIÇO
Campanha Viva Motociclista na Autopista Fluminense
Data: 18 de junho de 2010 (sexta-feira)
Horário: das 10h às 17h
Local: Km 300 Sul da Niterói – Manilha (BR-101), pista sentido Niterói.