Foto: Wellington Garcia, piloto da MX1 do Team Honda

Motocross – Wellington Garcia é campeão brasileiro antecipado da MX1 e da MX2

Foto: Wellington Garcia, piloto da MX1 do Team Honda

Foto: Wellington Garcia, piloto da MX1 do Team Honda

Wellington Garcia conquistou neste domingo, em Cachoeiro do Itapemirim (ES), os títulos antecipados da MX1 e da MX2 no Campeonato Brasileiro de Motocross. Com o resultado, o piloto do Team Honda repete o feito de 2007, quando venceu as duas principais categorias da competição. -Dedico estes títulos a todos os que torcem por mim-, disse o goiano.

O Team Honda recebeu a notícia com bastante entusiasmo. -A expectativa era muito grande para esta etapa por conta da possibilidade de sairmos campeões por antecipação. Tudo isso é fruto de um grande trabalho que desenvolvemos nas pistas-, disse Wilson Yasuda, gerente de competições da Honda do Brasil.

-Foi muito importante para mim ser novamente campeão nas duas categorias. Mesmo assim, quero fechar o campeonato com uma vitória na etapa final, que será como um tira-teima-, explicou Wellington Garcia. A decisão do Brasileiro está marcada 30 de agosto em Nova Friburgo, Rio de Janeiro.

Vale lembrar que a classificação geral da categoria MX1 sofreu alterações nesta quinta-feira, de acordo com o ranking da Confederação Brasileira da Motociclismo (CBM). Isto porque alguns pilotos foram punidos por não utilizarem os pneus oficiais da competição, no caso os da marca Pirelli – entre eles o catarinense João Paulino Marronzinho, que estava na briga direta pelo título da MX1 e venceu a bateria em Cachoeiro do Itapemirim.

Wellington Garcia ficou em segundo lugar na MX1 e em quarto na MX2 – o suficiente para garantir as taças. Quem venceu a MX2 foi Thales Vilardi, que certamente se lembrará para sempre desta etapa. -Foi a primeira vitória da minha carreira na categoria. Estou muito feliz-, disse o piloto.

Outras categorias – -Queremos fechar o ano com o máximo possível de vitórias. Temos chances, principalmente na categoria MXJr-, afirmou Yasuda. A prova da classe, realizada no sábado, foi vencida por Dudu Lima. Rodrigo Rodrigues foi o quarto e segue na liderança, na frente de Gust avo Takahashi.

Na 85cc, a corrida foi completamente imprevisível. Três acidentes praticamente simultâneos forçaram bandeira vermelha aos 12 minutos, e a corrida foi encerrada. Everaldo Filho venceu a bateria e subiu para o segundo lugar na classificação geral, atrás de Endrews Armstrong. Thiago Formehl caiu e abandonou, descendo para o quarto lugar na tabela.

Resultados: MX1
1 – João Paulino Marronzinho
2 – Wellington Garcia
3 – Pipo Castro
4 – Swian Zanoni
5 – Rafael Faria
11 – Thales Vilardi

MX2
1 – Thales Vilardi
2 – Rafael Faria
3 – Pipo Castro
4 – Wellington Garcia
5 – Roosevelt Assunção
6 – Dudu Lima
7 – Rodrigo Rodrigues
8 – Rodrigo Lama
9 – Hector Assunção

85cc
1 – Everaldo Filho
2 – Anderson do Amaral
3 – Endrews Armstrong
4 – Leonardo Lizott
5 – Kaio Miranda

MXJr (bateria realizada no sábado)
1 – Dudu Lima
2 – Gabriel Gentil
3 – Hector Assunção
4 – Rodrigo Rodrigues
5 – Gustavo Takahashi
7 – Rodrigo Lama

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.
O Team Honda tem apoio da Mobil, Pirelli, Showa, ASW, Polisport, Riffel, Oakley, Orbital, D.I.D., NGK, Master Freios, Pro Taper, Reebok, Griffe Correa e Yoshimura.